Prefeitura do Rio quer reabrir trecho da ciclovia Tim Maia


A prefeitura do Rio de Janeiro pretende convencer a Justiça a reabrir um trecho da Ciclovia Tim Maia, disse neste sábado (7) o prefeito Eduardo Paes. Por causa do desabamento que matou duas pessoas no dia 21 de abril, a Justiça determinou o fechamento completo da pista.

Desde o dia do acidente, a circulação estava impedida entre o trecho que vai da favela do Vidigal ao bairro de São Conrado. Porém, uma decisão da 9º Vara da Fazendo Pública mandou a prefeitura fechar também o início da ciclovia entre o Leblon e o Vidigal.

Em entrevista à imprensa hoje durante inauguração de obras na zona portuária, Eduardo Paes argumentou que não há riscos no trecho que parte do Leblon. “É quase que a calçada da comunidade do Vidigal para chegar no Vidigal. O fechamento prejudica os moradores do Vidigal. Vamos esclarecer isso ao juiz. Ali, de fato, não tem risco”, assegurou.

O prefeito também disse que não pretende demolir a ciclovia, apesar de especialistas terem questionado erros estruturais no projeto e que podem explicar o desabamento.

Paes inaugurou o trecho do projeto de revitalização da Zona Portuária, que vai abrigar a tocha olímpica, além de sediar shows e apresentações culturais.

Seja o primeiro a comentar on "Prefeitura do Rio quer reabrir trecho da ciclovia Tim Maia"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*