Distrito Federal: Corpus Christi reúne 20 mil na Esplanada dos Ministérios

Acompanhada do filho, o governador Rodrigo Rollemberg, e da esposa dele, Márcia, Teresa Rollemberg é cumprimentada pelo arcebispo de Brasília, dom Sergio da Rocha. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Organização da festa popular da Eucaristia durou três meses. Governador Rodrigo Rollemberg esteve na cerimônia nesta quinta-feira (26)

Presidida pelo arcebispo de Brasília, dom Sergio da Rocha, a missa de Corpus Christi levou 20 mil pessoas à Esplanada dos Ministérios nesta quinta-feira (26), segundo a Polícia Militar. Do clero local, havia mais de 140 representantes, entre padres e bispos. A organização da solenidade, com o objetivo de manifestar publicamente a fé dos católicos na Eucaristia, começou no início do ano.

Acompanhado da esposa, Márcia, e da mãe, Teresa, o governador Rodrigo Rollemberg participou da cerimônia, que teve início às 17 horas, seguida de procissão. “É uma festa linda, tradicional, que a cada ano reúne mais pessoas”, destacou o chefe do Executivo. Antes da celebração, os fiéis puderam se confessar. Vinte padres ficaram à disposição para ministrar o sacramento da Reconciliação.

Deram suporte ao evento, além da Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), a Agência de Fiscalização (Agefis) e a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb).

Pela manhã, desde as 7 horas, 500 jovens de movimentos da Arquidiocese de Brasília confeccionaram o tapete por onde começou a procissão do Santíssimo Sacramento. Serragem, areia e palha de arroz coloridos com tinta deram forma à peça de 120 metros de comprimento, dividida em imagens de 20 metros quadrados cada relacionadas à Eucaristia.

Origem secular

A tradição que recorda a instituição da Eucaristia — o corpo e o sangue de Cristo — surgiu no século 13, na Diocese de Liège, na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana de Mont Cornillon. A religiosa afirmava receber visões nas quais o próprio Jesus pedia uma festa anual em honra a esse sacramento. A solenidade ocorre 60 dias depois da Páscoa.

Em Brasília, a celebração existe desde 1961, quando era realizada na Paróquia Santo Antônio, na 911 Sul. De lá, seguia para a Igrejinha Nossa Senhora de Fátima, entre as Quadras 307 e 308 Sul. Em 1978, mudou para a Esplanada dos Ministérios, com a montagem do tapete.


Seja o primeiro a comentar on "Distrito Federal: Corpus Christi reúne 20 mil na Esplanada dos Ministérios"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*