Linhas com cerol podem ter causado acidente elétrico com duas mortes em Manaus


Duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas em um acidente com um fio de alta-tensão na periferia de Manaus. Onze pessoas continuam internadas em hospitais da capital. O acidente ocorreu nesse domingo na comunidade do Sharp, na zona leste da cidade.

A Polícia Civil investiga o caso e a causa da queda do fio está sendo apurada pela Eletrobras Amazonas Energia, que divulgará um laudo nos próximos dias. Em nota, a empresa disse que equipes “constataram a presença de muitos objetos estranhos à rede, como linhas de cerol e papagaios, entrelaçados nos cabos da rede elétrica”. Segundo a companhia, esses objetos costumam danificar os cabos e causam um desgaste além do normal na rede.

A empresa diz que está prestando auxílio às famílias, acompanhando o estado de saúde dos feridos e que vai providenciar a remoção dos corpos dos dois mortos para o Maranhão, estado onde nasceram.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde (Susam), um homem morreu no local e a esposa dele chegou a ser levada a um hospital, mas não resistiu. A filha deles, um bebê de 11 meses, também foi atingida e está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um pronto-socorro da cidade.

Entre as 11 vítimas que ainda estão internadas, há mais duas crianças, de 2 e 3 anos de idade. Uma adolescente de 17 anos está em estado gravíssimo.

Pipas

Diante da possibilidade de o acidente ter sido causado por linhas de cerol usadas em pipas, o bombeiro Denis Ferreira recomenda que as crianças evitem brincadeiras como essa perto da rede elétrica.

“Sabemos que temos essa demanda social na periferia, onde a rede elétrica é muito próxima das casas. Porém, fica aqui a orientação do Corpo de Bombeiros para que sempre que as crianças forem brincar com pipa estejam sob a supervisão de um adulto, que essas crianças não venham a brincar com esses brinquedos próximo à rede elétrica, de preferência em local aberto para que esse tipo de ocorrência não venha a se repetir”, alertou.

Segundo Ferreira, o cerol nas linhas das pipas aumenta o risco de choques elétricos no contato com a rede elétrica porque é feito basicamente de cola e vidro, o que o torna um condutor de energia.

O Corpo de bombeiros também orienta que as pessoas não toquem nas vítimas de choque para evitar o risco de também serem atingidas pela corrente elétrica.

Seja o primeiro a comentar on "Linhas com cerol podem ter causado acidente elétrico com duas mortes em Manaus"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*