PE: 36 novos oficiais da PM são formados atendendo as linhas de ações do Pacto pela Vida

Solenidade aconteceu no Quartel do Derby sendo a primeira em que foi exigido dos alunos o curso de bacharelado em Direito.

Recife – PE: Em mais uma ação do Pacto pela Vida, aconteceu na tarde da quinta-feira (16/06) no Quartel do Comando Geral da Policia Militar, no bairro do Derby, a solenidade de formatura dos 36 militares que participaram do Curso de Formação de Oficiais – CFO/PM. A cerimônia foi um marco na formação de oficiais sendo a primeira com a exigência de entrada como bacharel em direito para todos os participantes.

O curso teve a carga horária de 1.736 horas/aula e foi realizado no Campus de Ensino Mata, da Academia Integrada de Defesa Social que fica no município de Paudalho, na Zona da Mata. Esta é a primeira turma de 2016 e terá como foco atuar no Plano Estadual de Segurança Pública, o Pacto Pela Vida – PPV, tanto na área ostensiva quanto na preventiva. Os novos oficiais estudaram disciplinas ligadas ao direito e outras mais voltadas para o âmbito militar, como as cadeiras de Tiro e Prática Policial.

O evento contou com a presença do Vice-governador do Estado, Raul Henry, que na ocasião representou o Governador Paulo Câmara.

Para o Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, que prestigiou o evento, os oficiais terão a partir de agora um compromisso maior com a sociedade. Para ele, a formação só reitera o papel do programa Pacto pela Vida de proteger os pernambucanos. “Eles representam um reforço na Polícia e a sociedade precisa deles. Isso é mais um avanço do Pacto pela Vida, buscando cuidar dos pernambucanos. Eles terão agora um papel ainda maior dentro da sociedade. Torço para que honrem o compromisso que estão assumindo”, destacou.

O primeiro colocado no concurso, o agora aspirante Neilson da Silva, destacou que a maior dificuldade encontrada durante o curso foi o internato. Para ele, mesmo já tend

Emocionados, os familiares dos formandos prestigiaram a cerimônia militar de ascensão ao primeiro posto do oficialato na Polícia Militar.o sido militar do Exército Brasileiro, cada formação trás dificuldades e privações. “Eu já era militar do Exército, mas todo curso trás dificuldades psicológicas e físicas. Você é treinado para colocar em prática os seus potenciais. Outra coisa é o internato, que priva você do convívio com os seus familiares e isso é muito difícil. Mas no final, vale a pena” afirmou. Por ter sido o primeiro lugar no CFO, Da Silva recebeu a insígnia de segundo tenente da corporação.

A última formação de oficiais em Pernambuco havia acontecido em 2009, aonde 52 militares foram treinados ainda nos moldes de três anos para formação e apenas com a exigência de possuir o ensino médio completo. Visando diminuir o tempo de formação, passou a ser exigido o curso de bacharelado em direito, fazendo com que haja uma diminuição nas cadeiras voltadas para esta área.

Seja o primeiro a comentar on "PE: 36 novos oficiais da PM são formados atendendo as linhas de ações do Pacto pela Vida"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*