Temer envia ao Senado indicação de diretores para o Banco Central

Divulgação

O presidente interino Michel Temer encaminhou ao Senado Federal a indicação de quatro nomes para compor a diretoria do Banco Central (BC). O Senado  fará sabatina com os diretores indicados e é responsável por aprovar os nomes. As indicações foram publicadas na edição de hoje (17) do Diário Oficial da União.

Na última segunda-feira (13), o novo presidente do BC, Ilan Goldfajn, informou os nomes que indicaria a Temer para compor a diretoria. O economista Carlos Viana de Carvalho ocupará a diretoria de Política Econômica. O economista Tiago Couto Berriel assumirá a diretoria de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos. Carvalho e Berriel são professores da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Cargos

O administrador Reinaldo Le Grazie, atualmente diretor superintendente da Bradesco Asset Management, será diretor de Política Monetária. O atual procurador-geral do BC, Isaac Sidney Menezes Ferreira, será diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania.

Deixam a diretoria do BC os diretores Aldo Mendes (Política Monetária), Altamir Lopes (Política Econômica) e Tony Volpon (Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativo). O diretor Luiz Édson Feltrim permanecerá à frente da área de Administração, deixando de acumular a área de Relacionamento Institucional e Cidadania.

Os diretores Anthero de Moraes Meirelles (Fiscalização), Otávio Ribeiro Damaso (Regulação) e Sidnei Corrêa Marques (Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural) também permanecem nos cargos.

Seja o primeiro a comentar on "Temer envia ao Senado indicação de diretores para o Banco Central"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*