Ministro das Cidades garante a Richa repasse de R$ 22,8 milhões para obras na RMC

Governador Beto Richa durante reunião com o ministro das Cidades, Bruno Araújo. Brasília, 18/05/2016. Foto: Bruno Peres/Min.Cidades

Brasília (DF) – O governador Beto Richa recebeu a confirmação do Ministério das Cidades para o repasse de R$ 22,8 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para execução de obras de saneamento, meio ambiente e mobilidade urbana nos municípios da Região Metropolitana de Curitiba. A liberação da verba foi negociada pelo governador em audiência com o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Serão destinados R$ 5,2 milhões para complementação das obras de construção da Linha Verde Extensão Sul, executada pela Prefeitura de Curitiba. “São importantes obras de mobilidade, meio ambiente e saneamento para beneficiar milhares de moradores da capital e da Região Metropolitana”, disse o governador. “A liberação dos recursos confirma nossas impressões iniciais de que o relacionamento entre o Estado e o governo federal mudou para um novo patamar, de mais qualidade e de reciprocidade”, disse Richa.

Grande parte dos recursos será aplicado em obras de drenagem, controle de cheias, revitalização e intervenções nas calhas dos rios e implantação de parques ambientais. O objetivo é controlar a vazão dos rios e evitar alagamentos e enchentes.

Nessa área, a cidade de Curitiba receberá R$ 1,16 milhão para intervenção nas calhas dos rios de amortecimentos nas bacias dos rios Belém, Pinheirinhos, Água Verde, Pilarzinho e Juvevê.

Além disso, os recursos serão utilizados para drenagem urbana na sede municipal e para elaboração de projeto para revitalização da bacia hidrográfica do Rio Barigui. “São obras que beneficiam diretamente a população ribeirinha de Curitiba e da Região Metropolitana, mas que também contribuem para melhoria do Rio Iguaçu, pois são feitas nos rios formadores do Iguaçu”, destacou o secretário estadual do Meio Ambiente, Paulino Mexia.

REGIÃO METROPOLITANA – Aproximadamente R$ 6,1 milhões serão destinados para projetos do governo estadual de controle de cheias na bacia hidrográfica do Rio Palmital. Com fortes chuvas, o rio transborda provocando alagamentos em várias cidades. A medida beneficia os municípios de Pinhais, Colombo, Curitiba, São José dos Pinhais e Piraquara.

No Palmital estão sendo feitas seis bacias de detenção de cheias, duas no trecho em Pinhais e as demais em Colombo. O sistema acumula água das chuvas e vai esvaziando aos poucos, evitando cheias e alagamentos nas regiões.

Nas duas etapas do Palmital também serão feitos parques lineares para proteger as margens dos rios e instalação de equipamentos para uso e lazer das comunidades. “A implantação dos parques evita ocupações irregulares e também funciona como controle de enchentes”, diz o diretor técnico do Instituto das Águas, Carlos Alberto Galerani.

A cidade de Piraquara terá mais R$ 10 mil para elaboração do estudo para implantação do Parque Ambiental Piraquara. Outros projetos para construção de parques foram autorizados para São José dos Pinhais. Serão R$ 27 mil para o estudo do Parque Metropolitano do Iguaçu e do Parque Ambiental do Itaqui.

São José dos Pinhais receberá ainda recursos para drenagem urbana do Rio Itaqui, beneficiando os bairros Guatupê e Borda do Campo. Serão construídos ainda canais de concreto no Rio Ressaca.

Serão canalizados dois trechos de afluentes do Ressaca, um perto do Aeroporto Internacional Afonso Pena e outro perto da rua José Paulo Lepinski. O investimento complementará as obras feitas pelo município. Além de ajudar na prevenção de cheias e alagamentos, a obra final transformará o trecho, 13 quilômetros, num grande parque linear para uso da população.

Já a cidade de Campo Largo receberá verba para construção de um galpão de triagem para catadores de materiais recicláveis

SARANDI – Além dos R$ 17,6 milhões para ações na Região Metropolitana de Curitiba, o governo estadual conseguiu captar R$ 100 mil para ampliação da rede coletora e de ligações prediais do Sistema de Esgotamento Sanitário de Sarandi, na região Noroeste.

Seja o primeiro a comentar on "Ministro das Cidades garante a Richa repasse de R$ 22,8 milhões para obras na RMC"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*