Governador Beto Richa anuncia R$ 36,7 milhões para dez hospitais de Curitiba

O governador Beto Richa anunciou na segunda-feira (27) o repasse de R$ 36,7 milhões anuais para a ampliação de serviços de hospitais à população de Curitiba. Richa recebeu o prefeito Gustavo Fruet, no Palácio Iguaçu, para a formalizar a adesão da capital ao incentivo estadual. Curitiba, 27/06/2016. Foto: Orlando Kissner/ANPr

Curitiba (PR) – O governador Beto Richa anunciou na segunda-feira (27) o repasse de R$ 36,7 milhões anuais para a ampliação de serviços de hospitais à população de Curitiba. Richa recebeu o prefeito Gustavo Fruet, no Palácio Iguaçu, para a formalizar a adesão da capital ao incentivo estadual. Os recursos serão transferidos ao Fundo Municipal de Saúde de Curitiba para serem repassados aos dez hospitais de média e alta complexidade, que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A medida vai diminuir a fila de espera para cirurgias eletivas, exames e consultas especializadas.

Serão beneficiados o Hospital de Clínicas, pertencente à Universidade Federal do Paraná, os hospitais do Trabalhador, Erasto Gaertner, Evangélico, Santa Casa de Curitiba, Cajuru, Zilda Arns, Cruz Vermelha, Pequeno Príncipe e São Vicente. O repasse mensal previsto é de R$ 3,061 milhões.

Richa destacou que o Paraná é o único estado brasileiro que destinou recursos extras para o teto de média e alta complexidade, que seria responsabilidade do governo federal. “Estamos cobrindo as atribuições e responsabilidades do governo federal, porque não podemos deixar que os paranaenses sejam penalizados pela falta de investimentos e falhas na gestão na área da saúde por parte da União”, afirmou o governador.

Ele citou o socorro ao Hospital de Clínicas, que pertence ao governo federal e vai receber um repasse anual de R$ 4 milhões do governo estadual. “Além do apoio ao HC, que é um dos maiores e mais importantes hospitais do País, novamente repassamos este recurso extra para atender aos hospitais de Curitiba”, disse. “Estes quase R$ 37 milhões que disponibilizamos irão ampliar o número de exames e consultas especializadas e a contratação de leitos de UTI, beneficiando toda a população de Curitiba e da Região Metropolitana”, ressaltou o governador.

O prefeito Gustavo Fruet afirmou que é um reforço importante. “Neste momento de crise, estes mais de R$ 3 milhões por mês vão permitir ampliar o atendimento especializado, principalmente as cirurgias eletivas. É uma parceria necessária e fundamental”, afirmou Fruet. “Agradeço ao Governo do Estado por tornar possível este acréscimo de recursos, que vai ampliar o atendimento não só para a população de Curitiba, mas também da Região Metropolitana”, ressaltou.

FORTALECER – O município poderá aplicar os recursos para exames como ultrassonografia, endoscopia, ressonância, ecocardiografia; consultas oftalmológicas e ortopédicas; cirurgias vasculares e ortopédicas; e leitos de UTI adulto e pediátrico para retaguarda de urgência e emergência. O repasse também vai fortalecer o mutirão paranaense de cirurgias eletivas com a ampliação da oferta de procedimentos cirúrgicos que não são de urgência.

A previsão da Secretaria de Estado da Saúde é que sejam realizados mais de 7.560 exames especializados por mês. Os recursos também vão garantir a ampliação em 35 leitos de UTI para a rede de urgência e emergência. “Vamos beneficiar os hospitais mais importantes da cidade, que já são parceiros do Governo do Estado em outros programas e políticas públicas”, disse o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto.

“Nenhum estado brasileiro aloca recursos extraordinários como estamos fazendo. Sabemos da importância desse aporte para a capital e para a Região Metropolitana. Só temos condição de cumprir este compromisso por conta da estabilidade econômica do Paraná”, destacou Caputo Neto.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; os secretários municipais de Governo, Ricardo Mac Donald; e da Saúde, César Titton; o presidente do Conselho Regional de Medicina, Luiz Ernesto Pujol; os deputados federais Luiz Carlos Hauly e Luciano Ducci; e os vereadores Aílton Araújo, Pier Petruziello e Edson do Parolin.

BOX 1

Dirigentes dos hospitais destacam a importância do apoio

Os dirigentes dos hospitais ressaltaram que o Governo do Estado acerta ao aportar recursos que beneficiam os hospitais públicos e filantrópicos que atendem os pacientes do SUS em Curitiba. O interventor do Hospital Evangélico, Carlos Motta, disse que o recurso é importante para que a instituição possa ampliar os atendimentos. “Para colocar o hospital em uma posição fundamental de apoio da medicina de urgência emergência em Curitiba, precisamos da ajuda de todos: Estado, do município e do governo federal”, afirmou ele. “Acreditamos que somente desta forma poderemos nos destacar e reerguer o hospital à posição que tínhamos antes”, declarou.

O Governo do Estado presta um trabalho muito importante de apoio aos hospitais públicos e filantrópicos paranaenses, segundo o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro Carneiro. “Este aporte é profundamente importante e um exemplo para todo o Brasil neste momento em que a saúde pública brasileira passa por graves problemas, com muitos leitos do SUS sendo fechados pela falta de recursos”, avaliou.

O diretor Assistencial do Hospital do Idoso Zilda Arns, Altair Damas Rossato, também ressaltou a importância da parceria entre o Estado e o município. “Estes recursos chegam em um momento em que as instituições enfrentam dificuldades financeiras e vão nos ajudar a melhorar nossos equipamentos e estrutura”, explicou. “Isso trará um resultado melhor na qualidade da assistência à população idosa de Curitiba”.

INSTITUIÇÕES BENEFICIADAS

Hospital de Clínicas – UFPR

Hospital do Trabalhador

Hospital Erasto Gaertner

Hospital Evangélico

Santa Casa de Curitiba

Hospital Cajuru

Hospital do idoso Zilda Arns

Hospital Cruz Vermelha

Seja o primeiro a comentar on "Governador Beto Richa anuncia R$ 36,7 milhões para dez hospitais de Curitiba"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*