Rondônia adota procedimento mais seguro para autorização de exploração florestal

Floresta de teca em Vilhena (Foto: Paulo Sérgio)

Porto Velho (RO) – Com o objetivo de proporcionar maior segurança para os procedimentos de exploração florestal no estado, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) implantou a ferramenta QR COD para as autorizações de exploração (Autex). Trata-se de um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Esse código é convertido em texto (interativo), um endereço URL, um número de telefone, uma localização georreferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS.

A tecnologia desenvolvida para aparelhos celulares e outros tipos de leitores pode ser adquirida por download diretamente na Internet.

Segundo o engenheiro florestal Denison Trindade, coordenador estadual de Desenvolvimento Florestal, Rondônia passa a ser um dos primeiros estados no Brasil a utilizar essa tecnologia. “Através da leitura dos códigos se obtém informações, como detentor/lote/volume autorizado/validade, entre outras. E o mais importante é que mesmo sem internet o fiscal poderá consultar a autenticidade da Autex. Bastando simplesmente possuir um celular com câmera e baixar um aplicativo de leitura que está disponível para o sistema Android”, explicou Trindade.

Trindade disse também que inicialmente esses códigos foram empregados para catalogar peças na produção de veículos. Hoje o QR Code é usado no gerenciamento de inventário e controle de estoque em indústrias e comércio. Desde 2003, foram desenvolvidas aplicações que ajudam usuários a inserir dados em telefone celular (telefone móvel) usando a câmera do aparelho.

Os códigos QR são comuns também em revistas e propagandas, para registrar endereços e URLs, bem como, informações pessoais detalhadas. Em cartões de visita, por exemplo, o código QR facilita muito a inserção desses dados em agendas de telefones celulares. Programas de captura ou PCs com interface RS-232C podem usar um escâner para capturar as imagens.

COMO UTILIZAR

Para que o código possa ser escaneado, é preciso contar com um aparelho celular que possua câmera digital e um software de leitura para QR Code.

A internet disponibiliza diversos endereços com informações. Por exemplo no site http://www.mobile-barcodes.com/qr-code-software/  está disponível uma lista de aplicativos que podem ser baixados e instalados em diferentes modelos de aparelhos celulares Android.

Já para usuários do iPhone, pode ser baixado gratuitamente na App Store o aplicativo Qrafter. Usuários do Android podem buscar o aplicativo QR Droid na Android Market. Já os usuários de Blackberry podem instalar o Blackberry QR-Code Reader.

O procedimento de leitura de um QR Code é simples. Execute o aplicativo instalado no seu celular, posicione a câmera digital de maneira que o código seja escaneado. Em instantes, o programa irá exibir o conteúdo decodificado ou irá redirecioná-lo para o site do link que estava no código.

O secretário Vilson Machado destacou que a tecnologia visa garantir a sustentabilidade do Estado, acelerar a dinâmica de informação sobre a gestão florestal e melhorar a segurança nos procedimentos florestais.

Seja o primeiro a comentar on "Rondônia adota procedimento mais seguro para autorização de exploração florestal"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*