Governo do Maranhão capacita merendeiras de escolas públicas de diversas regiões do estado

Merendeiras estão recebendo capacitação na área de segurança alimentar. Foto: Divulgação

São Luis(MA) – O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), está executando um programa de capacitações de merendeiras de escolas públicas em municípios maranhenses. O projeto, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), beneficia um total de 300 profissionais da área em 10 municípios de diversas regiões do estado. Nesta semana, o curso está sendo ministrado a 30 merendeiras da cidade de Paulino Neves, na região dos Lençóis Maranhenses.

A capacitação é coordenada pela Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan) e visa levar conhecimentos técnicos aos profissionais da área de alimentação escolar, para proporcionar mais qualidade no preparo e manipulação das refeições servidas nas escolas públicas estaduais e municipais. O projeto de capacitação de merendeiras integra as ações da política de Segurança Alimentar executadas pelo Governo do Estado, por meio da Sedes, visando à redução dos índices de insegurança alimentar no estado.

O secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, explica que além da cidade de Paulino Neves, o curso já foi ministrado no município de Formosa da Serra Negra. “Nos próximos meses, vamos oferecer essa capacitação também nas cidades de Colinas, Fernando Falcão, Porto Rico, entre outras”, informou.

O curso é composto por módulos teóricos e práticos que versam sobre novas técnicas de preparo de alimentos, formas de aproveitamento integral dos produtos, valor nutricional dos alimentos, boas práticas de manipulação dos alimentos, dentre outros temas referentes à alimentação escolar.

Segundo a secretária da Sasan, Lourvídia Caldas, a capacitação repassa ainda princípios básicos higiênicos e sanitários dos ambientes onde são preparadas as refeições, visando à redução dos riscos de contaminação dos produtos e garantir aos alunos uma alimentação mais balanceada e segura.

“O projeto de capacitação de merendeiras é uma ação de grande alcance social em diversos aspectos, pois além de promover a qualificação dos profissionais da área, contribui para que as refeições servidas nas escolas públicas sejam elaboradas com mais qualidade, profissionalismo e zelo com as questões sanitárias”, frisou Lourvídea Caldas.

Ana Karla Alves de Sousa, que trabalha na Escola Antônio do Carmo, em um povoado de Paulino Neves explica como o curso vai ajudar no dia a dia nas escolas. “Além de aprendermos a fazer uma merenda de qualidade, sabemos agora como trabalhar de forma mais adequada,  servindo melhor e cozinhando não só do jeito que a gente sabe mas aprendendo novas formas e fazendo de um jeito mais nutritivo e que as crianças gostem”, comentou Ana Karla.

Para a secretária de Assistência Social de Paulino Neves, Gilliane Souto, a capacitação é de extrema importância tanto para os profissionais que recebem o treinamento como também para os alunos da rede pública que vão ter em suas escolas merendeiras mais qualificadas e aptas a elaborarem as refeições servidas nas unidades.

“Sabemos que muitos alunos da rede pública de ensino do nosso município têm a merenda escolar como sua principal refeição diária. De modo que, além de capacitar as merendeiras, estamos contribuindo, consequentemente, com a melhoria da qualidade das refeições recebidas por nossos alunos”, frisou a secretária.

Ao término da capacitação, os profissionais recebem certificados de participação.

Merendeiras estão recebendo capacitação na área de segurança alimentar. Foto: Divulgação

Merendeiras estão recebendo capacitação na área de segurança alimentar. Foto: Divulgação

Seja o primeiro a comentar on "Governo do Maranhão capacita merendeiras de escolas públicas de diversas regiões do estado"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*