Procuradoria-Geral da República cria gabinete de crise para a Olimpíada


A Procuradoria-Geral da República (PGR) criou um gabinete de crise e um grupo de apoio para a Olimpíada Rio 2016, que vão atuar até 31 de agosto. A portaria com a medida foi publicada na edição de hoje (11) do Diário Oficial da União.

O gabinete de crise será coordenado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e será integrado pelos procuradores-gerais de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, do Ministério Público Militar e dos Ministérios Públicos dos estados em que haverá eventos da Olimpíada.

Também participará um integrante do Conselho Nacional do Ministério Público. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, fará parte do gabinete como convidado.

Seja o primeiro a comentar on "Procuradoria-Geral da República cria gabinete de crise para a Olimpíada"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*