Ambulatório do Hospital Geral de Palmas é referência para Tocantins e estados vizinhos

Divulgação / Governo do Tocantins


Palmas (TO) – Cerca de 8 mil atendimentos por mês são oferecidos a pacientes no ambulatório do Hospital Geral de Palmas (HGP), que é referência para pacientes do Tocantins e estados vizinhos na área da média e alta complexidade. O quantitativo inclui consultas com especialistas, informações e orientações aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A supervisora do ambulatório de especialidades do HGP, Flaviane Vieira de Araújo Milhomem, lembra que o ambulatório conta com equipes multiprofissionais compromissadas e de alta qualidade, atendendo pacientes de diversas idades, de crianças a idosos. “Nós atendemos pacientes de todas as regiões do Estado, além de pessoas oriundas, principalmente, do Pará, Maranhão, Goiás e Piauí e no caso do atendimento a pacientes egressos, o médico define a necessidade do atendimento no ambulatório ou a contra referência no município de origem”, informou.

O ambulatório atende diversas especialidades como oncologia, cirurgia bariátrica, ortopedia, cirurgias eletivas e os egressos do HGP, que são aqueles pacientes que deram entrada no pronto-socorro ou realizaram algum procedimento de alta complexidade.

Agendamento de consultas

Para melhor atender aos usuários, a supervisora orienta que o primeiro atendimento do paciente no ambulatório do Hospital Geral deve ser referenciado pelo município de origem, por meio da Central de Regulação. Já os pacientes que passam pela internação ou pelo pronto-socorro do HGP precisam ter um encaminhamento referenciando  para o ambulatório,  de acordo  com especialidade indicada.

As equipes do ambulatório ficam encarregadas de realizar o agendamento dos atendimentos dos pacientes regulados pelos municípios  de origem e as consultas são marcadas conforme  agenda.

A importância do acompanhante

Durante o tratamento do paciente, é muito importante a participação do acompanhante, isto porque ele contribui para o apoio psicológico, também recebe informações repassadas pela equipe de saúde, orientações, como horários da medicação e realização de exames. Todo idoso, menor de idade ou incapaz, necessita de um acompanhante obrigatoriamente, principalmente os da oncologia.

A diretora-geral do HGP, Renata Duran, também ressaltou a importância da atenção secundária, depois da alta hospitalar. “Aqui, os usuários do SUS podem contar com consultas de especialidades, onde os profissionais acompanham o paciente do início até a conclusão tratamento”,  acrescentou.

Bom atendimento 

Quem está satisfeita com o serviço do ambulatório é a lavradora de Chapada de Natividade, Creuza Barbosa da Silva. A paciente realiza tratamento de duas especialidades. “Faço tratamento na área de ginecologia e cardiologia. O atendimento é ótimo, não tenho do que reclamar. Já passei por cirurgia no coração em Araguaína e faço acompanhamento aqui”, explicou.

O morador de Araguacema, Lindomar Pereira, também faz tratamento há quatro meses no ambulatório, pois possui uma doença rara, a síndrome de Sjogren. “Venho uma vez por mês e sou bem atendido pelos profissionais,” concluiu.

Seja o primeiro a comentar on "Ambulatório do Hospital Geral de Palmas é referência para Tocantins e estados vizinhos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*