Epagri lança novo cultivar de feijão em Chapecó nesta quinta-feira

Epagri - Feijão (Foto: Divulgação)

Chapecó (SC) – A Epagri lança nesta quinta-feira, 21, em Chapecó, um novo cultivar de feijão, o SCS 205 Riqueza. É um feijão do tipo carioca, de alto potencial produtivo e com grãos maiores dos que os disponíveis para cultivo na região Sul do Brasil. O lançamento faz parte da programação da XIII Reunião Técnica da Comissão Sul Brasileira de Pesquisa em Feijão, que será entre 21 e 22 de julho no Centro de Pesquisa para a Agricultura Familiar da Epagri (Cepaf).

“O feijão carioca não é muito consumido no mercado catarinense, mas sua produção interessa aos agricultores do Estado porque atende a uma demanda dos consumidores de São Paulo e Rio de Janeiro”, explica Sydney Antonio Frehner Kavalco, pesquisador em melhoramento vegetal da Epagri/Cepaf. O novo cultivar tem teor de proteína de 24,2% e tempo médio de cozimento de 21 minutos. Ele já está registrado no Ministério da Agricultura e a Epagri procura parceiros interessados em multiplicar as sementes para serem revendidas aos agricultores do Sul do Brasil.

A Epagri lançou há dois anos o cultivar de feijão SCS 204 Predileto, que é do grupo comercial preto, também com alto potencial para o rendimento de grãos, com 23,5% de teor de proteína e tempo de cozimento de 18 minutos, em média. A Empresa trabalha no desenvolvimento de cultivares do grupo preto, carioca, branco e vermelho, que devem atender a demandas de consumo de determinadas regiões catarinenses e do Sul do Brasil.

 

Fotos: Divulgação / Epagri

Sobre a Comissão

A Comissão Sul Brasileira de Pesquisa em Feijão reúne pesquisadores e técnicos de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, que se encontram a cada dois anos para lançar novos cultivares, avaliar o ciclo de ensaios passado e discutir as diretrizes para o cultivo do feijão no próximo biênio. Para a reunião de Santa Catarina estão sendo esperados cerca de 60 profissionais ligados a pesquisa e extensão do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), das Universidades Estaduais de Maringá e de Londrina, do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), da Universidade Federal de Santa Maria, da Fepagro e das Embrapas Terras Baixas e Arroz e Feijão, além da Epagri.

Durante os dois anos anteriores, pesquisadores dessas unidades realizaram ensaios de Valor de Cultivo e Uso (VCU) em rede. São experimentos científicos desenvolvidos em parcerias que comparam linhagens novas de feijão com outras disponíveis no mercado. Os resultados dessas avaliações são apresentados na reunião da Comissão de Pesquisa, mas cabe ao órgão que desenvolveu o novo cultivar decidir se lança ou não o produto. O cultivar SCS 205 Riqueza da Epagri, por exemplo, foi avaliado pela rede entre 2012 e 2014, obtendo bons resultados frente aos concorrentes e por isso foi registrado e será comercializado a partir da próxima safra.

Serviço

O que: reunião Técnica da Comissão Sul Brasileira de Pesquisa em Feijão, com lançamento do cultivar SCS 205 Riqueza.
Quando: dias 21 e 22 de julho.
Onde: na Epagri/Cepaf, Serv. Ferdinando Tusset, S/N, Bairro São Cristovão, Chapecó.


Seja o primeiro a comentar on "Epagri lança novo cultivar de feijão em Chapecó nesta quinta-feira"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*