ES permanece sem casos de H1N1 por 6 semanas consecutivas


A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) continua sem registro de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave por H1N1 por seis semanas consecutivas. E o número de notificações da Síndromeque chegou a 97, passou para 02 na última semana.
Com relação ao número de óbitos, permanecem 44 casos confirmados por H1N1. Outros 04 estão em investigação para determinar o agente causador.
Orientações 
Tanto a Influenza A (H1N1) quanto a Influenza Sazonal (gripe comum) são causadas por sub tipos do vírus Influenza. Os sintomas são os mesmos: febre, tosse, dor de garganta, dor no corpo e mal-estar, caracterizando uma síndrome gripal. Quando o paciente apresentar estes sintomas e estiver com dificuldade para respirar, a orientação é procurar um serviço médico.
Casos e óbitos de H1N1 confirmados por semana epidemiológica

Semana

NotificaçõesSRAG

Casos H1N1Confirmados

Óbitos H1N1Confirmados

1

03/01 – 09/01

0

0

0

2

10/01 – 16/01

1

0

0

3

17/01 – 23/01

1

0

0

4

24/01 – 30/01

0

0

0

5

31/01 – 06/02

0

0

0

6

07/02 – 13/02

0

1

0

7

14/02 – 20/02

0

0

0

8

21/02 – 27/02

4

2

2

9

28/02 – 05/03

3

0

0

10

06/03 – 12/03

2

1

0

11

13/03 – 19/03

9

2

1

12

20/03 – 26/03

22

7

0

13

27/03 – 02/04

37

16

2

14

03/04 – 09/04

48

33

9

15

10/04 – 16/04

97

41

7

16

17/04 – 23/04

94

35

3

17

24/04 – 30/04

77

22

6

18

01/05 – 07/05

83

24

5

19

08/05 – 14/05

89

25

5

20

15/05 – 21/05

70

11

2

21

22/05 – 28/05

45

4

0

22

29/05 – 04/06

43

5

2

23

05/06 – 11/06

24

0

0

24

12/06 – 18/06

38

0

0

25

19/06 – 25/06

26

0

0

26

26/06 – 02/07

16

0

0

27

03/07 – 09/07

11

0

0

28

10/07 – 16/07

2

0

0

TOTAL:

842

229

44

 Prevenção 
Lavar sempre as mãos com água e sabão;
Evitar colocar as mãos no rosto, em especial na boca e no nariz;
 – Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço de papel.

 

Seja o primeiro a comentar on "ES permanece sem casos de H1N1 por 6 semanas consecutivas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*