Sistema para encaminhar carteira de trabalho ainda apresenta instabilidade no RS

Foto: Divulgação

Porto Alegre (RS) – O sistema de encaminhamento de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do Ministério do Trabalho ainda está instável. Ao todo, 116 agências FGTAS/Sine prestam o serviço no Rio Grande do Sul. De acordo com o coordenador da agência FGTAS de Passo Fundo, Sérgio Ferrari, o sistema apresentou leve melhora nesta semana, mas ainda está instável. “Todos os trabalhadores são atendidos na unidade de Passo Fundo. Em média, são encaminhados 30 protocolos por dia”.

A coordenadora da agência FGTAS/Sine TudoFácil Centro de Porto Alegre, Olga de Oliveira, afirma que reduziu a fila de atendimento. A unidade encaminha uma média de 150 documentos por dia e dispõe de cinco guichês de atendimento.

Assim como as demais unidades consultadas, o assistente técnico-administrativo da agência FGTAS de Bagé Adriano Guterres conta que o sistema fica mais instável no turno da manhã. A unidade encaminha cerca de 20 protocolos por dia.

A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) orienta os trabalhadores para que liguem para as agências para confirmar o funcionamento do sistema, e se possível, agendem-no pelo site. O serviço está disponível para as unidades de Porto Alegre, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Viamão. Os telefones, endereços e horários de funcionamento estão disponíveis AQUI.

A implantação do sistema online iniciou no dia 28 de abril no Rio Grande do Sul. A migração do sistema offline para online não foi encerrada em todo o país. Há previsão de realização do procedimento neste final de semana. A nova versão (Web 3.0) faz a verificação com a base de dados da Receita Federal e dos Correios. Dessa forma, os trabalhadores têm os dados validados no ato do atendimento, e em caso de divergência, são orientados a retificá-los. A confecção do documento continua de responsabilidade da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS (SRTE-RS), com prazo de entrega de até 15 dias úteis.

A mudança de sistema exigiu o oferecimento de treinamento aos atendentes das agências FGTAS/Sine. A próxima capacitação ocorrerá nos dias 27 e 28 de julho, na sede da SRTE-RS, e contará com a participação de sete servidores das agências de Bagé, Cachoeira do Sul, Lagoa Vermelha, Osório, Tramandaí e Vacaria. Desde o início do ano, foram ministrados sete treinamentos que contaram com a participação de 81 servidores.

Para encaminhar o documento, as agências utilizam kit composto por leitor biométrico para digitais, prancha para coleta de assinaturas e câmera fotográfica. Os kits tornam mais rápida a coleta de dados e a realização de fotografia na hora do atendimento, beneficiando o trabalhador.

Seja o primeiro a comentar on "Sistema para encaminhar carteira de trabalho ainda apresenta instabilidade no RS"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*