Governador e Ministro alinham mudanças para o Bolsa Família em Alagoas

Segundo Renan Filho, programa não apenas será mantido, como também aperfeiçoado e ainda mais valorizado (Foto: Ailton Cruz)


Depois do anúncio de aumento inédito de 12,5% no repasse do Bolsa Família, o governador Renan Filho se reuniu, nesta quarta-feira (27) com o ministro de Desenvolvimento Social, Osmar Terra, para alinhar as principais mudanças incorporadas no programa em Alagoas. Além de ser contemplado com a injeção de mais de R$ 75 milhões por mês, o Estado passa agora a ser inserido em um pacote de incentivos adotado pelo Governo Federal.

“Trata-se de um apoio muito importante. O programa não apenas será mantido, como também aperfeiçoado e ainda mais valorizado. Temos projetos fundamentais para o desenvolvimento e combate da erradicação da pobreza no Estado e o Bolsa Família, em particular, tem um papel muito importante no estabelecimento do poder de compra e autonomia dos cidadãos. Sou um grande entusiasta da programa e tenho certeza que em parceria com o ministério poderemos fazer um grande trabalho”, destaca Renan Filho.

O crescimento recorde no valor do benefício, que estava há mais de dois anos sem sofrer reajuste no país, vem acompanhado de um conjunto de medidas com foco no estímulo a emancipação das famílias. A ideia é apostar no desenvolvimento local sustentável, oportunizar, criar um sentimento de pertencimento e gerar possibilidades de emprego e renda para a população mais vulnerável, sobretudo, nas pequenas cidades, como explica Osmar Terra.

 

“Mesmo no contexto de crise econômica, precisávamos gerir um aumento expressivo no repasse para implantar melhorias ao programa. Esta foi a nossa prioridade. As mudanças já estão sendo aplicadas a partir de julho, o que para Alagoas significa um crescimento de mais de R$ 8 milhões por mês. Neste momento, nosso foco é discutir ideias para o aperfeiçoamento do projeto e a aplicação dos pacotes de incentivo em cada região”, pontua o ministro do Desenvolvimento Social.

Pacote de incentivos

Para incrementar as ações do Programa, três comitês foram criados reforçando a proposta de proteção social e independência às famílias. A operação Pente Fino, que se compromete com o cruzamento de informações e base de dados; o comitê de Inclusão Produtiva, voltada para reforçar as medidas de geração de emprego e renda e fim do processo de informalidade; e ainda o Programa de Primeira Infância, que indica melhorias em longo prazo, intensificando a assistência às crianças e extinguindo o ciclo de perpetuação de pobreza nas famílias.

Já em nível municipal, os prefeitos também serão estimulados a criar elementos de incentivos por meio de entrega se prêmios às cidades que se destacarem no empenho da ação. No segmento de capacitação profissional, o ministro Osmar Terra anunciou ainda a proposta de descentralização no programa Pronatec, a partir da estruturação e oferta de cursos que atendam especificamente a necessidade local de cada município.

Seja o primeiro a comentar on "Governador e Ministro alinham mudanças para o Bolsa Família em Alagoas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*