Filme do DF no 49º Festival de Brasília trata de privacidade nas relações pessoais

Foto: Toninho Tavares

Filmado e produzido na capital, o representante do Distrito Federal na mostra competitiva do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro levará ao Cine Brasília (106/107 Sul) um novo olhar sobre as relações pessoais. O longa-metragem Malícia, do diretor Jimi Figueiredo, foi escolhido entre 132 títulos inscritos — dez do DF — e concorrerá a R$ 250 mil em prêmios pela principal categoria do evento, que ocorre de 20 a 27 de setembro. Os outros oito filmes que compõem a mostra vêm do Amazonas, do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Sul. Minas Gerais e Rio de Janeiro entram com duas produções cada um.
O longa-metragem Malícia, do diretor Jimi Figueiredo, foi escolhido entre 132 títulos inscritos .

Para o diretor estreante na categoria, concorrer na mostra competitiva significa muito. “Cresci participando do cinema na nossa cidade. Lançar o longa dessa forma, no nosso festival, é uma felicidade imensa”, comemora o paraibano Jimi Figueiredo, radicado em Brasília desde 1970.

Seja o primeiro a comentar on "Filme do DF no 49º Festival de Brasília trata de privacidade nas relações pessoais"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*