Idoso deve redobrar atenção com herpes zoster

Infecção viral provoca pequenas bolhas na pele e dor intensa

Um em cada três idosos tem possibilidade de desenvolver herpes zoster, uma infecção viral que provoca pequenas bolhas na pele e, na maioria dos casos, é acompanhada de dor intensa. A doença tem maior possibilidade de se manifestar em pacientes com resposta imunológica debilitada. Por isso, idosos são os mais acometidos pela enfermidade.

Dr. Pedro Oliveira, diretor médico da ePharma, empresa líder no mercado de assistência de benefícios farmacêuticos, explica que a herpes zoster é causada por um vírus, o mesmo agente da catapora, e é popularmente conhecida como “cobreiro”. “Ela afeta quem já teve catapora e acomete ramos de nervos cutâneos, com dores intensas, que podem permanecer por um período mínimo de 15 dias”, avisa o médico.

Na fase considerada ativa, surgem pequenas bolhas, que podem aparecer na testa, bochecha, nariz e em torno de um dos olhos. “Na região da cabeça, a herpes zoster pode trazer risco de cegueira e, por isso, a infecção deve ser acompanhada, desde os primeiros sintomas, por um especialista”, alerta Dr. Pedro Oliveira.

O diretor médico da ePharma lembra ainda que entre 10% e 15% dos pacientes acometidos pelo vírus da doença apresentam neuralgia pós herpética. Eles sentirão queimação e pontadas na área afetada e muita sensibilidade ao toque. “Esses sintomas podem durar apenas 30 dias, mas em alguns pacientes podem continuar por meses, e até anos”, esclarece.

Para as pessoas com mais de 50 anos, o mercado dispõe de uma vacina que diminui a intensidade da neuropatia para a maioria dos pacientes acometidos pela doença. O vírus não é transmitido de pessoa para pessoa por via respiratória.

Consolidada como principal player no recente mercado brasileiro de assistência farmacêutica, a ePharma dispõe de tecnologia que conecta, em tempo real, aproximadamente 24 mil farmácias e drogarias de todo o país a um sistema autorizador ancorado em um potente banco de dados, dando acesso a medicamento a mais de 27 milhões de pessoas.

 


Seja o primeiro a comentar on "Idoso deve redobrar atenção com herpes zoster"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*