Governador detalha experiência da educação de Pernambuco para o Conselho do Instituto Sonho Grande

Foto: Aluisio Moreira/SEI

Recife (PE) – Os bons resultados obtidos pela educação pública de Pernambuco têm atraído o interesse de muitas administrações e entidades espalhadas pelo País que buscam conhecer melhor os detalhes do modelo adotado na Rede Estadual. Nesta sexta-feira (26.08), o governador Paulo Câmara recebeu os membros do Conselho do Instituto Sonho Grande para apresentar iniciativas e o planejamento que ajudaram a transformar a qualidade do ensino no Estado.
A entidade, que tem como foco investimentos na área de educação e já é parceira dos pernambucanos em outras ações, está apoiando o projeto de educação integrada, lançado, há dois meses, pelo Governo Paulo Câmara, que objetiva implantar escolas em tempo integral para o Ensino Fundamental II em 15 municípios, contemplando todas as regiões do Estado.
“Já fizemos estudos em parceria com o Instituto na Rede Estadual e, agora, eles estão apoiando a primeira experiência para melhoria da rede municipal de educação. O projeto-piloto tem várias linhas de atuação para apoiar as cidades na área de gestão e alfabetização”, afirmou o secretário estadual de educação, Fred Amâncio, que acompanhou o governador Paulo Câmara no encontro. Entre os municípios onde serão implantadas as escolas em tempo integral estão Bonito, Arcoverde, São Bento do Una, Trindade, Flores e Afogados da Ingazeira. “A escolha das cidades foi feita com base em uma pesquisa de indicadores sociais”, acrescentou o gestor.
O Estado já realizou dois estudos em parceria com o Instituto Sonho Grande. “Pernambuco tem a maior rede de escolas em tempo integral do Brasil, então, estamos servindo de modelo para estudos e análises para ajudar outros estados e o Ministério da Educação a discutirem o projeto”, destacou Fred. Ao todo, Pernambuco conta com 335 escolas em tempo integral, sendo 300 de referência e 35 escolas técnicas, beneficiando cerca de 150 mil alunos da Rede Estadual de Ensino.
“Nós tivemos a primeira experiência em escola em tempo integral no Brasil, em 2004. Consequentemente, temos uma experiência acumulada de 12 anos com o projeto”,lembrou o secretário de Educação, acrescentando que Pernambuco saltou 12 posições e, agora, ocupa a 4ª posição de acordo com o ranking mais recente do Instituto de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ensino Médio.

Seja o primeiro a comentar on "Governador detalha experiência da educação de Pernambuco para o Conselho do Instituto Sonho Grande"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*