7 dicas de alimentos e bebidas e boteco para não detonar a sua dieta

Nutricionista dá dicas de como escolher corretamente os alimentos e bebidas sem perder a diversão

Os seus amigos a chamaram para ir ao bar, mas você está de dieta, e agora? Aceitar o convite seria uma tragédia, afinal, como não extrapolar diante de tantas porções de dar água na boca, não é mesmo? Sem contar as bebidas que não podem ficar de fora. Mas e se existisse uma alternativa de não detonar a alimentação e optar por comidas mais leves? Essa sugestão parece um absurdo, mas acredite, é possível sim!

Segundo a Helenice Tatewaki, nutricionista do Boteco Todos os Santos – um dos maiores e mais famosos bares de São Paulo, localizado na Vila Madalena, tradicional bairro boêmio da Zona Oeste da cidade – o jeito é saber escolher corretamente os alimentos e bebidas levando em consideração algumas dicas. Confira:

1. Prepare o seu psicológico e seja firme

Do mesmo jeito que o psicológico é trabalhado e educado durante uma dieta, vá também o preparando para se alimentar de uma forma menos agressiva ao sair a noite com os amigos. “Não é preciso que a pessoa fuja da vida social por estar fazendo uma reeducação alimentar, basta que ela entenda que sair da rotina de vez em quando, mantendo o controle, não fará com que ela retroceda, mas que estará exercitando o autocontrole”, explica a nutricionista.

2. Fique atenta aos acompanhamentos

Esse é um detalhe muito importante! Dependendo da porção que escolher, vem junto o acompanhamento que, muitas vezes, é o que mais adiciona calorias aos alimentos. Então preste atenção e, caso esteja de dieta, ou os deixe de lado ou coma uma pequena quantidade. Os espetos de carne e frango, por exemplo, vêm acompanhados de vinagrete, farofa e pão francês. O espeto em si é uma boa opção por ser proteína de excelente qualidade, mas fique atenta a dica!

3. Faça o seu metabolismo gastar mais energia

Para quem não abre mão de uma cerveja bem gelada ou, até mesmo, variadas bebidas, saiba que a curiosidade acima não é o fim do mundo. No dia em que souber que vai beber, consuma bastante proteína magra como, por exemplo, peito de frango, peixes e carnes sem gordura. Desta forma, o seu metabolismo irá se manter em alta, pois são alimentos com uma digestão mais demorada, proporcionando mais saciedade e, consequentemente, fazendo com que você consuma menos bebida alcoólica por estar se sentindo satisfeito (“cheio”). Dançar e se movimentar no bar, ficando mais tempo em pé do que sentado,  também ajuda na queima caloria.

4. Intercale o consumo de cerveja com um copo de água

Além de diminuir o número de calorias ingeridas, você ainda evita a ressaca do dia seguinte. É importante lembrar que o álcool em excesso desidrata!

5. Escolha bebidas mais fortes

Se você quer beber, mas não está a fim de detonar a dieta, deixe a cerveja de lado e escolha as bebidas mais fortes como, por exemplo, o vinho seco, a vodka e o rum. Mas lembre-se, beba com moderação e se beber não dirija!

6. Sugestões menos calóricas de comidas de boteco por 100 gramas

  • Caldo verde: 98 Kcal

  • Chapa mista com picanha e legumes: 105 Kcal

  • Caldo de feijão: 126 Kcal

  • Caldo de mandioca com carne seca: 169 Kcal

  • Escondidinho de mandioca com carne seca: 171 Kcal

  • Frango grelhado com tomate: 180 Kcal

  • Espeto de frango: 190 Kcal

  • Espeto de carne: 198 Kcal

7. Sugestões menos calóricas de bebidas por 100 gramas

  • Cerveja: 44 Kcal

  • Sidra: 50 Kcal

  • Chopp: 60 Kcal

  • Gim-tônica: 68 Kcal

  • Prosecco: 85 Kcal

  • Saquê: 136 Kcal

  • Mojito: 148 Kcal

  • Marguerita: 156 Kcal

 

Curiosidades sobre a cerveja

  • Estudos mostram que o consumo moderado de cerveja, junto a uma dieta saudável, ajuda a prevenir complicações cardiovasculares maiores como o infarto do miocárdio ou o acidente vascular cerebral. A cerveja, com e sem álcool, ainda pode trazer possíveis benefícios para a saúde cardiovascular, obesidade, nutrição e prevenção do envelhecimento celular.

 

  • A crença de que a cerveja causa “barriga” foi desmentida pela Kathryn O’Sullivan, doutora de saúde publica no Reino Unido. Na verdade, o consumo excessivo de qualquer tipo de álcool pode levar ao aumento de peso, mas não se feito de forma moderada (até dois drinques por dia para homens e um para mulheres).

 

  • Para os esportistas e também apreciadores, a cerveja, ao contrário de outras bebidas alcoólicas, apresenta pouca quantidade de álcool, muita de água (95%) e potássio, capaz de reidratar, segundo o médico Manuel Castillo Garzón, do Hospital Técnico de Munique Johannes Scherr. Dado que o exercício prolongado aumenta o risco de doenças nas vias respiratórias superiores, a cerveja se coloca como um complemento alimentar propício a reduzir a sua inflamação e infecção, já que contém compostos polifenóis.

 

“Vale lembrar que essas dicas são consideradas para pessoas saudáveis. Caso haja alguma restrição por possuir alguma patologia, a orientação é diferente”, conclui a nutricionista.

Fundado em 2013 pelos sócios Lauro Maciel, Lélio Borges e Silvio Iacovone, o Boteco Todos os Santos é um dos maiores e mais famosos bares de São Paulo, localizados na Vila Madalena – tradicional bairro boêmio da Zona Oeste da cidade. Como diferencial, o estabelecimento abre de terça a domingo oferecendo comanda individual, música ao vivo, cerveja gelada, pratos e petiscos tradicionais de boteco, além da característica como bar Happy Hour estendendo-se pela madrugada como balada.


Seja o primeiro a comentar on "7 dicas de alimentos e bebidas e boteco para não detonar a sua dieta"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*