Longa Cinema Novo abre 49ª edição do Festival de Cinema de Brasília

(Wilson Dias/Agência Brasil)


Começou na noite desta terça-feira  (20) o 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O evento apresentará nove longas-metragens e 12 curtas ou médias-metragens na Mostra Competitiva. A eles se somam outros 20 filmes de mostras paralelas e sessões especiais. Ao todo, serão exibidos 40 filmes.

O curta-metragem Improvável Encontro, de Lauro Escorel, e o longa-metragem Cinema Novo, de Eryk Rocha, abriram o festival, no Cine Brasília, apenas para convidados. O filme Baile Perfumado, de Paulo Caldas e Lírio Ferreira, será exibido no encerramento do festival para celebrar os 20 anos da produção e a retomada do cinema pernambucano.

Produções de todas as regiões do Brasil vão disputar o Troféu Candango e prêmios no valor de R$ 340 mil. A Mostra Brasília exibirá seis curtas e médias-metragens e seis longas que vão concorrer a R$ 200 mil em prêmios.

A novidade desta edição é a criação da Medalha Paulo Emílio Salles Gomes, intelectual responsável pela criação do festival, que completaria 100 anos. A medalha homenageia uma personalidade do cinema brasileiro e este ano será dada ao crítico de cinema de origem francesa Jean-Claude Bernadet.

A programação do festival pode ser conferida aqui.

Seja o primeiro a comentar on "Longa Cinema Novo abre 49ª edição do Festival de Cinema de Brasília"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*