Núcleos de Mediação de Conflitos serão ampliados nas escolas estaduais no Amapá

Foto: Divulgação

Atualmente, 7 instituições já contam com o serviço que possibilita soluções de problemas

Macapá (AP) – O Núcleo de Mediação de Conflitos será ampliado nas escolas públicas estaduais. O programa, desenvolvido por meio de um Termo de Cooperação entre o Governo do Amapá, Tribunal de Justiça (TJAP) e Defensoria Pública, além da Prefeitura de Macapá, será expandido para mais unidades escolares nos próximos meses.
Nesta quarta-feira, 28, técnicos do TJAP estiveram reunidos com a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, para discutirem sobre a ampliação do programa e o cronograma de formação de instrutores multiplicadores.
Atualmente, 7 escolas estaduais já contam com o Núcleo de Mediação, dentre elas, Azevedo Costa, Maria de Nazaré Pereira Vasconcelos, Josefa Jucileide Amoras Colares, Gonçalves Dias, São José (Iapen), Dom Pedro I (Mazagão) e Joaquim Nabuco.
Os núcleos possibilitam soluções de problemas, pacificando conflitos de convivência, propiciando espaço de escuta e colaboração e impedindo condutas autoritárias, discriminatórias e de violência. Nas unidades, ainda são trabalhados o fortalecimento do diálogo, vínculos, espirito participativo e democrático na comunidade.
Para que mais escolas recebam o serviço, terá início ainda em outubro os cursos de Formação de Instrutores e Multiplicadores de Mediação de Conflitos. A Defensoria Pública auxiliará as ações do Núcleo com orientação e assessoria jurídica, quando necessário.
Para a secretária de Educação, o projeto faz parte da política de Estado e não apenas de governo. “A violência é um problema da Educação. Realizando passos pequenos e seguros, resgatamos entre os alunos e a comunidade, os papeis de cidadania e humanismo”, destacou.
Entre as metas do projeto, está a implantação de um Núcleo de Mediação, dentro do prédio da Seed. “O projeto terá 100% de compromisso da Educação do Estado. Quanto mais pessoas qualificarmos, mais vamos disseminar essa cultura”, disse.

Seja o primeiro a comentar on "Núcleos de Mediação de Conflitos serão ampliados nas escolas estaduais no Amapá"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*