GO: Na Missa de 7º Dia, Marconi diz que Zé Gomes morreu como um herói

Foto: Divulgação

O governador Marconi Perillo e a primeira-dama e presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, assistiram na terça-feira, dia 4,  em Itumbiara, à missa de sétimo dia, celebrada pela morte do ex-prefeito da cidade, José Gomes da Rocha, e do cabo da PM, Vanilson João Pereira. Em tom de consternação e perplexidade, Marconi disse que estava ali abraçando os familiares e amigos de Zé Gomes e do cabo Vanilson, que morreram como heróis num atentado cheio de maldade e vilania.

Disse também que nesta quarta-feira, dia 5,  a Polícia Civil de Goiás vai conceder entrevista coletiva sobre o andamento das investigações do crime. “Só posso adiantar que foi premeditado”, afirmou à imprensa. Celebrada na Catedral Santa Rita de Cássia pelo bispo Dom Fernando, a missa contou com a participação de 2.500 pessoas aproximadamente.

“Zé Gomes esteve e sempre quis estar no alto. E sua morte aconteceu no auge da sua vida”, afirmou Dom Fernando. “Deixou uma semente de vida, de amor por esta cidade, de um desejo de progresso”, completou. Em sua pregação, o bispo enalteceu o ato do cabo Vanilson, que enfrentou o atirador, antes de morrer. “Na convicção do seu dever, não poupou a própria vida para que outras vidas fossem preservadas”, disse. Dezenas de pessoas assistiram à celebração vestindo roupas brancas, como forma de pedir paz na cidade.

Cidade entristecida
O clima em Itumbiara ainda é de muita tristeza, sobretudo pelo falecimento do ex-prefeito, que era muito querido na cidade. José Gomes liderava com folga as pesquisas de intenção de voto para sucessão municipal em eleição ocorrida no domingo passado.

José Gomes e o cabo Vanilson foram assassinados no dia 28 de setembro, pelo ex-funcionário da prefeitura da cidade, Gilberto Ferreira do Amaral, durante uma carreata da campanha. Na ocasião, o vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton; o secretário de Comunicação da cidade, Célio Rezende e o motorista da caminhonete da carreata Edvan Júlio Guerino foram atingidos pelo atirador. Eles passaram por cirurgia e estão se recuperando bem.

Desde o ocorrido, as polícias civil, militar e federal iniciaram investigação para elucidar a motivação do crime.

Seja o primeiro a comentar on "GO: Na Missa de 7º Dia, Marconi diz que Zé Gomes morreu como um herói"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*