Circulação de ônibus na grande São Paulo é parcialmente normalizada

Parte dos ônibus que estava paralisada desde segunda-feira (3) nas cidades de Mauá, Ribeirão Pires, Santo André e Rio Grande da Serra, na Grande São Paulo, voltou a circular. De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), gestora do serviço, duas das três empresas de transporte intermunicipal que estavam em greve voltaram a operar hoje (6).

Funcionários da permissionária Empresa Auto Ônibus Santo André (Eaosa) decidiram encerrar a greve, que havia começado na segunda-feira (3), pelo atraso no pagamento do vale-alimentação e da participação nos lucros. Os motoristas da Viação Triângulo fizeram uma paralisação com início ontem (5), mas que também voltaram às atividade nesta quinta-feira.

Continuam paralisados os funcionários da empresa Ribeirão Pires, em greve desde terça-feira (4). A orientação da EMTU para quem viaja até Mauá ou São Paulo é utilizar linhas municipais e a Linha 10 – Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

As linhas que cruzam os municípios de São Bernardo do Campo, Diadema e São Paulo operadas pela empresa Metra (linhas número 288, 288P e 289) e Mobibrasil (linhas número 051, 358 e 446) também foram reforçadas.

Nos últimos três meses, funcionários da empresa Eaosa fizeram diversas greves por falta de pagamento. A Eaosa reconhece os frequentes atrasos nos salários, mas alega falta de repasse de subsídio referente à gratuidade para estudantes e idosos. A EMTU nega as acusações e disse não ter pendências financeiras com as empresas.


Seja o primeiro a comentar on "Circulação de ônibus na grande São Paulo é parcialmente normalizada"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*