Governo do Mato Grosso realiza nesta segunda Congresso brasileiro de sistemas agroflorestais

Imagem: Divulgação

Cuiabá (MT) – O Governo de Mato Grosso, por meio das secretarias de Estado de Agricultura familiar e Assuntos Fundiários (Seaf) e de Meio Ambiente (Sema), realiza na próxima semana o X Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais. O evento ocorrerá pela primeira vez no Estado, entre os dias 24 e 28 de outubro de 2016, no Campus de Cuiabá da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

A abertura será na segunda-feira (24) a partir das 19h no auditório da engenharia florestal, e contará com a palestra magna do presidente da Sociedade Brasileira de SAF (SBSAF), Ivan Crespo, que abordará de forma geral o tema sistemas agroflorestais no Brasil.

“Discutir SAF’s como modelo de produção para Mato Grosso é algo que o Governo apoia, pelo motivo de que essas atividades já são realizadas principalmente nos municípios do bioma Amazônia, e cabe ao Estado incentivar as boas práticas já existentes”, comentou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes.

O objetivo do congresso é difundir tecnologias e modelos promissores de SAF, ampliando a visibilidade de adoção e expansão desses sistemas para o desenvolvimento do meio rural e urbano brasileiro local, regional e nacional. Outro objetivo é possibilitar a troca de experiências entre produtores, técnicos participantes do evento e instituições que trabalham no campo com este sistema produtivo.

Segundo o vice-presidente do congresso, professor Antonio Tsukamto da UFMT, a parceria entre Universidade, Governo do Estado e demais instituições se faz fundamental para que haja evolução na discussão dessa importante política pública.

O presidente do Congresso, servidor de carreira da Seaf e engenheiro florestal Leonardo Vivaldini dos Santos, ressaltou a importância desta primeira edição do evento em Mato Grosso. “Nosso estado se destaca como o principal a implementar iniciativas políticas com enfoque no modelo sustentável, como a proposta PCI (Preservar, Conservar e Incluir) apresentada em Paris, e o Congresso vem para somar nessas discussões”.

Programação

A partir da manhã de terça-feira (25), o CBSAF terá três conferências, oito mesas redondas, cinco palestras técnicas, nove minicursos, quatro sessões de apresentação de pôster, sessões de apresentação oral de trabalhos e espaços para troca de experiências. Também serão oferecidas aos participantes duas visitas técnicas a fazendas que adotam diferentes modalidades de SAF. As visitas serão na sexta-feira.

A programação está distribuída em três grandes eixos temáticos. Na terça feira a aprendizagem em SAFserá o mote discutido. Na quarta-feira os desafios para os sistemas estarão na pauta e na quinta-feira, último dia de programação teórica, serão abordadas as perspectivas para as agroflorestas.

Entre os palestrantes e conferencistas estão pesquisadores, professores universitários, produtores e profissionais com grande experiência em sistemas agroflorestais do Brasil e também do exterior.

O Congresso Brasileiro de Sistema Agroflorestais é promovido pela Sociedade Brasileira da SAF e realizado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Governo de Mato Grosso, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Ouro Verde, Grupo Semente e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Para maiores informações sobre programação, entre no site http://www.cbsaf.com.br/.

Seja o primeiro a comentar on "Governo do Mato Grosso realiza nesta segunda Congresso brasileiro de sistemas agroflorestais"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*