Conselho de Trânsito do Acre julga mais de 1.200 casos em 4 meses

O Conselho de Trânsito do Acre julga os recursos interpostos contra decisões da Jari (Foto: Weslley Chrystian/Ascom)

O Conselho Estadual de Trânsito do Acre (Cetran/AC) realizou, de julho a outubro, cerca de 1.210 julgamentos dos processos de defesas de autuações.

O Conselho está, desde julho, sob a gestão de Pedro Longo, também diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC).

Antes da mudança na presidência, os processos que chegavam ao Cetran ficavam parados, sem julgamento, acarretando no arquivamento por prescrição, após cinco anos.

“Além das mudanças no processo de julgamento, agora muito mais ágil, o Cetran também passou por mudanças físicas e ampliação do atendimento para melhor conforto dos usuários de nossos serviços”, ressalta Pedro Longo.

O Conselho

O Cetran é a última instância de defesa das infrações de trânsito, nas questões de autuações de trânsito. Nesse contexto, julga os recursos interpostos contra decisões da Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari) e também das entidades e órgãos estaduais.

No Acre, o Cetran é composto por representantes de 13 instituições divididas entre públicas governamentais, entidades sociais e membros da sociedade civil organizada.

Seja o primeiro a comentar on "Conselho de Trânsito do Acre julga mais de 1.200 casos em 4 meses"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*