Agrotóxicos x Câncer: Brasil é o maior consumidor mundial de agrotóxicos


Na mesa do almoço, do jantar ou até mesmo no lanche das crianças, um dos vilões entre os causadores de câncer, os agrotóxicos, pode estar constantemente no dia a dia dos brasileiros. Isso porque o país é o maior consumidor mundial de agrotóxicos desde 2009, ano em que o país ultrapassou a marca de 1 milhão de toneladas dos produtos, o equivalente a um consumo médio de 5,2 kg de veneno agrícola por habitante, de acordo com documento técnico “Posicionamento público a respeito do uso de agrotóxicos”, elaborado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), no ano passado. Além disso, entre os anos de 2001 e 2008, a venda de agrotóxicos saltou de US$ 2 bilhões para mais de US$7 bilhões, alcançando valores recordes de US$ 8,5 bilhões em 2011.

Usados para controlar pragas, como insetos ou doenças que atingem plantações, os agrotóxicos estão associados a danos à saúde humana, e, dentre eles, o desenvolvimento de câncer. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, alerta que o consumo de quantidades de agrotóxico acima do indicado pode causar alguns distúrbios, além de câncer. De acordo com o Dr. Alexandre Chiari, médico oncologista da Oncomed-BH, o risco de desenvolvimento da doença está associado ao uso dessas substâncias. “Os agrotóxicos podem provocar sérios problemas à saúde humana. Eles podem atuar como aceleradores e contribuírem para a origem de um tumor”, afirma.

Segundo ele, neoplasias como câncer de fígado, de mama e o desenvolvimento de leucemia em crianças são alguns dos exemplos de tumores que tiveram, entre suas causas, a ingestão de agrotóxicos. Uma opção para fugir dos males provocados por eles são os produtos orgânicos ou alimentos de época.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Agrotóxicos x Câncer: Brasil &eacu...

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*