Programa da Sejus/DF: Pedala Pró-Vítima movimenta o Jardim Botânico

Passeio ciclístico visa incentivar a cultura de paz e a busca por qualidade de vida, estreitando a relação entre a comunidade e o programa da Sejus/DF. Primeiros inscritos concorrerão ao sorteio de uma bicicleta

Um passeio ciclístico matinal em contato com a natureza, incentivando a prevenção contra a violência e a busca pela qualidade de vida por meio da prática esportiva. O evento “Pedala Pró-Vítima”, que ocorrerá no Jardim Botânico de Brasília, no dia 5 de novembro, a partir das 8h, objetiva dar visibilidade ao programa da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus/DF), estreitando a relação com sociedade brasiliense.

A ação social, organizada pela Subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-Vítima), vinculada à Sejus/DF, é aberta a todo o público interessado e ofertará orientação jurídica, psicológica e de assistência social aos participantes. Para os 200 primeiros inscritos que confirmarem presença no local, será sorteada uma bicicleta, entre outros brindes. Os produtos para os sorteios foram doados pelas empresas JCBikes, Portal Bike Registrada e Qualiformace Suplementos.

Antes do início do passeio ciclístico, o educador físico Hans Silva ministrará um aquecimento e os alunos do curso de enfermagem da Faculdade LS aferirão a glicemia e a pressão arterial dos participantes, além de dar dicas de alimentação saudável. Uma mesa de frutas será servida por cortesia do Supermercado Bella Via, enquanto a equipe do Sítio Amarelo promoverá uma exposição com técnicas ecológicas para construção e cultivo orgânico de alimentos.

“Agradecemos a todos os apoiadores e parceiros da iniciativa. Esse contato direto com a população de Brasília é bastante válido no sentido de divulgar o Pró-Vítima, um programa de grande valia para todas as pessoas que sofrem com a violência em nossa região”, disse a subsecretária de Proteção às Vítimas de Violência, Camila Cabral.

Estatísticas
De janeiro a setembro de 2016, o programa prestou 2.547 atendimentos, nas áreas jurídica, psicossocial e audiências nos Fóruns de Justiça do Distrito Federal. A maioria dos casos dizem respeito a ocorrências de violência doméstica, seguido por estupro, estupro de vulnerável e homicídio.

Em todo o Distrito Federal, são cinco postos do Pró-Vítima para acolhimento ao público: na sede da Secretaria de Justiça e Cidadania (antiga Estação Rodoferroviária); no Paranoá, (Quadra 5, Parque de Obras); na Estação 114 Sul do Metrô; em Ceilândia (EQNN5/7, Área Especial); e no Guará (QELC Alpendre dos Jovens, Lúcio Costa). O programa oferece assistência multidisciplinar por intermédio de uma equipe de psicólogos, advogados, assistentes sociais e profissionais administrativos. São atendidas vítimas e familiares, com o intuito de prevenir e reduzir os danos causados pela violência. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 2104-1934 e 2104-1953.

Pedala Pró-Vítima
Quando: 5 de novembro
Onde: Jardim Botânico de Brasília
Horário: a partir de 8h
Inscrições: AQUI


Seja o primeiro a comentar on "Programa da Sejus/DF: Pedala Pró-Vítima movimenta o Jardim Botânico"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*