Programa de capacitação Pró-Vítima nas Escolas chega a Ceilândia

Divulgação

A ação social Pró-Vítima nas Escolas chega à segunda edição neste sábado (19), no Centro de Ensino Maria do Rosário, em Ceilândia, das 8 às 12 horas. A iniciativa, que passou pelo Recanto das Emas em setembro, visa orientar professores e alunos sobre os meios de prevenção de ocorrências violentas e tratamento de sequelas.

2.547Número de atendimentos do Pró-Vítima nas Escolas nas áreas jurídica e psicossocial de janeiro a setembro de 2016

No evento, a Subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-Vítima), da Secretaria de Justiça e Cidadania, oferecerá atendimento jurídico, psicológico e de assistência social. Por meio de parcerias com entidades privadas, haverá orientação nutricional, clínica médica, aferição de pressão e de glicemia, auriculoterapia (especialidade da medicina chinesa), palestra sobre autoexame de câncer de mama, oficinas de pedagogia, limpeza de pele, corte de cabelo, ginástica laboral, recreação, jogos diversos e exposição sobre construções ecológicas e produção orgânica de alimentos.

De janeiro a setembro de 2016, o programa prestou 2.547 atendimentos nas áreas jurídica e psicossocial e em audiências nos Fóruns de Justiça do DF. A maioria dos casos diz respeito a ocorrências de violência doméstica, seguida por estupro e homicídio.

Postos do Pró-Vítima nas Escolas

Em toda a capital, há cinco postos do Pró-Vítima para acolhimento ao público: na sede da Secretaria de Justiça e Cidadania (antiga Estação Rodoferroviária), na Estação 114 Sul do metrô (Asa Sul), em Ceilândia (EQNN5/7, Área Especial), no Guará (QELC Alpendre dos Jovens, Lúcio Costa) e no Paranoá (Quadra 5, Parque de Obras).

Pró-Vítima nas Escolas em Ceilândia
19 de novembro (sábado)Das 8 às 12 horasNo Centro de Ensino Maria do Rosário (EQNN 21/23)

Seja o primeiro a comentar on "Programa de capacitação Pró-Vítima nas Escolas chega a Ceilândia"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*