Colombo apresenta investimentos e faz prestação de contas em Mafra

Fotos: Julio Cavalheiro

Os desafios encontrados pelo Governo do Estado neste ano, os investimentos no municípios catarinenses, a importância do diálogo com a sociedade, otimismo e a busca de oportunidades foram os temas principais abordados pelo governador Raimundo Colombo durante entrevista coletiva com a imprensa do Planalto Norte. O encontro, realizado nesta sexta-feira, 25, no auditório da AmplaNorte, em Mafra, reuniu os meios de comunicação dos municípios de abrangência das Agências de Desenvolvimento Regional de Mafra e Canoinhas. Em seguida, Colombo participou de encontro regional com prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

O governador Raimundo Colombo relatou que 2016 foi um difícil, mas o Governo do Estado buscou estimular setores estratégicos da economia para diminuir os efeitos da crise. “Não aumentamos impostos, optamos pela austeridade fiscal e qualificação dos gastos. Isso é fundamental para garantir empregos, um dos nossos maiores objetivos. Santa Catarina está enfrentando bem a crise. Hoje, com certeza, somos o Estado mais equilibrado fiscal e financeiramente do país”, afirmou.

Colombo disse que a reforma da previdência e renegociação da dívida pública auxiliaram para manter o equilíbrio das contas. Para se ter uma ideia da importância da reforma,  em Santa Catarina, o deficit de previdência foi de R$ 3,1 bilhões no último ano. Os cálculos mostram que, em 2020, o rombo pode chegar à  casa dos R$ 7,8 bilhões.Para resolver a situação, o Governo de SC subiu a contribuição dos servidores e também do estado, de 11% para 14% de forma gradativa até 2018. A medida está servindo de exemplo para outros estados. Já com a renegociação, Santa Catarina não está pagando mensalmente os R$ 90 milhões da dívida pública até o ano que vem.

O governador também ressaltou o pagamento das multas de repatriação como importante para ajuda financeira. Nesta semana, ficou definido que o Governo Federal vai dividir com o estados e municípios as multas do processo de repatriação de recursos do exterior. Com isso, os estados terão um aporte de R$ 5,3 bilhões. Santa Catarina poderá receber cerca de R$ 62 milhões, já descontado o Fundeb. Os recursos serão pagos ainda neste ano.

Outra atitude necessária apontada pelo governador para o futuro do Estado e para um melhor resultado das ações é o fortalecimento no relacionamento com a população para debater metas e decisões. “É fundamental ouvir as pessoas, saber o que vai fazer diferença no local onde vivem. Hoje, por exemplo, foi uma oportunidade importante para receber informações, avaliações e questionamentos e poder apresentar nosso esforço em terminar bem o ano de 2016, fortalecer os serviços que prestamos à sociedade e ainda projetar 2017. Com certeza, isso produz bons resultados no nosso trabalho”, explicou.

Ele ressaltou que a situação atual é de desafios e, ao mesmo tempo, de oportunidades. “Não podemos fechar os olhos para o desenvolvimento, temos que trazer cada vez mais oportunidade de melhorar a infraestrutura, de conquistar espaços para que haja crescimento na economia, na geração de empregos e ganho social para todos os catarinenses. Acredito que 2017 será melhor do que foi este ano, mas ainda será preciso ter cautela e se dedicar ao equilíbrio fiscal e financeiro do Estado”, finalizou o governador.

Sobre as ADRs

A ADR Canoinhas abrange os municípios de Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Irineópolis, Major Vieira, Porto União e Três Barras. Entre as obras do Governo do Estado na região, destacam-se a implantação do sistema de esgoto sanitário, em Canoinhas, que está em andamento. Ainda no município, a reforma da Escola de Educação Básica Irmã Maria Felícitas, com um prédio moderno para atender os mais de 700 alunos do ensino fundamental e médio. Em Porto União, uma das obras mais importantes é o asfalto de acesso ao Distrito de Santa Cruz do Timbó. O local é um ponto turístico conhecido como a Rota das Cachoeiras.

Pertencem à Regional de Mafra os municípios de  Campo Alegre, São Bento do Sul, Rio Negrinho, Mafra, Itaiópolis, Papanduva e Monte Castelo. Na região, destacam-se as obras da Rodovia dos Móveis (SC-418, trecho São Bento do Sul até divisa com o estado do Paraná); SC-477 (entre Papanduva e Doutor Pedrinho, aproximadamente 100 km); construção da Unidade Prisional, Cedup e Centro de Inovação (São Bento do Sul); além da revitalização da SC-114 (Itaiópolis);

Também participaram os secretários executivos da ADR Mafra, Abel Schroeder, da ADR Canoinhas, Ricardo Pereira Martin, o prefeito de Mafra, Wellinton Bielecki, e deputados estaduais.

Encontro Regional

Ainda em Mafra, o governador encerrou a agenda no 1º Encontro Regional do Planalto Norte Catarinense, a partir das 20h. O evento aconteceu no Parque Verde e com a presença de  prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.


Seja o primeiro a comentar on "Colombo apresenta investimentos e faz prestação de contas em Mafra"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*