Tecnologia pioneira: Um novo jeito de ouvir para os deficientes auditivos

Foto: Divulgação

Nova prótese auditiva é a primeira do mundo a oferecer um panorama sonoro de 360º; o Opn é também pioneiro na conexão à internet 

Uma das maiores dificuldades dos deficientes auditivos que usam aparelhos é diferenciar sons em ambientes ruidosos e conseguir interagir com diferentes pessoas falando ao mesmo tempo, seja em um jantar, festa ou reunião de negócios. Isso acontece porque as próteses encontradas hoje no mercado direcionam o som para o interlocutor frontal, o que torna muito difícil ouvir outras pessoas ou sons ao redor. Felizmente, essa tecnologia tradicional já está ficando para trás.

Está chegando ao Brasil o Oticon Opn™, com tecnologia inovadora, capaz de acabar com as limitações da direcionalidade do som presente nos dispositivos atuais – problema relatado por muitos usuários de próteses auditivas. A nova tecnologia permite uma experiência sonora aberta em qualquer situação, garantindo rapidez e precisão para diferenciar com clareza a fala de diversos interlocutores e o barulho ambiente.

Tamanha inovação sonora só é possível graças à plataforma Velox™, desenvolvida pelo fabricante dinanarquês Oticon. Com processamento 50 vezes mais rápido do que a geração anterior, o Opn™ escaneia o ambiente mais de 100 vezes por segundo, respondendo às variações sonoras de forma muito rápida. Com isso, oferece ao usuário um panorama sonoro de 360º.

“Essa tecnologia quebra os paradigmas do atual mercado audiológico. Com o Opn™, é o usuário – e não mais o aparelho – quem vai focar no som que mais o interessa ouvir naquele momento, já que ele tem a percepção sonora de todo o ambiente. Além disso, o aparelho ajusta o volume do ruído ao redor para manter o equilíbrio e o conforto da audição, dando ao cérebro um sentido nítido aos sons, com menos esforço. O resultado é uma audição muito próxima ao normal. É incrível. Certamente começa agora uma nova era na audiologia”, comenta a fonoaudióloga Isabela Carvalho, especialista em audiologia.

Focar em apenas um som ambiente, como fazem até mesmo as próteses mais modernas e completas atualmente, muitas vezes atrapalha o usuário. Por exemplo, em um restaurante, se ele está conversando com alguém à sua frente, os sons ao redor são atenuados para que o usuário do aparelho ouça melhor seu interlocutor. Mas se outra pessoa o chamar, ele não vai ouvir, nem mesmo a música ambiente. Agora isso mudou.

“Não existe nada parecido no mercado mundial atualmente. O Opn™ é resultado de quase uma década de pesquisas e tornou possível superar um desafio que até mesmo as mais avançadas soluções presentes hoje não foram capazes de resolver”, explica a fonoaudióloga.

O Opn™  é o único aparelho auditivo, em todo o mundo, que pode ser conectado à internet

Por meio de um aplicativo exclusivo, o Opn™ tem seus serviços na nuvem, tornando possível a conexão com mais de 280 tipos de serviços de internet que também estão na nuvem, como Sistemas de Alarme, Sistemas de Iluminação, Avisos de recebimento de e-mail, dentre outros.

“O aplicativo do Opn™ ‘conversa’ com outros aplicativos, garantindo, por exemplo, que ao receber um e-mail, o usuário não precise recorrer a dispositivos móveis para checar as mensagens. Ele pode programar o ON – aplicativo do Opn™- ao seu e-mail. Assim, o usuário recebe o conteúdo da mensagem, de modo sonoro, direto no seu aparelho auditivo. Isso pode ser feito também para receber mensagens de redes sociais, como Facebook e LinkedIn. O aparelho auditivo interage ainda com sistemas inteligentes de uma casa ou escritório – acender luz, ligar a TV – fazendo programações específicas de acordo com as suas necessidades do dia a dia”, explica a fonoaudióloga Marcella Vidal, também especialista em audiologia.

E as inovações não param por aí. O Opn™ possui sistema Bluetooth de 2.4GHz, permitindo a conectividade direta com equipamentos eletrônicos externos que também possuem essa tecnologia sem fio, como TV, computador, celular, tablet. Dessa forma, o usuário do aparelho consegue ouvir o som direto do equipamento, sem atraso e sem perder nenhum tipo de informação. Ao contrário das próteses tradicionais, o som não precisa mais percorrer um longo caminho antes de chegar ao ouvido. Agora, é como se o próprio aparelho auditivo estivesse produzindo o som.

Até o momento, o Opn™ estava disponível apenas nos Estados Unidos, Espanha, Itália e Dinamarca. No Brasil o lançamento será em 12 de dezembro, nas lojas da Telex Soluções Auditivas espalhadas por todo o país. O aparelho tem garantia de três anos.

Depoimentos de usuários nos Estados Unidos:

“Antes eu ficava o tempo todo procurando aumentar o volume do aparelho, mas o que eu realmente precisava era de uma tecnologia diferente. Esse aparelho que uso agora com certeza me faz ouvir com muito mais clareza. É notável. Eu agora consigo distinguir as palavras ditas pelas outras pessoas com mais nitidez e não necessariamente preciso estar olhando para quem está falando. Frequentar restaurantes sempre foi um desafio. Era muito difícil. Toda vez que tinha um grupo grande e muito barulho ao redor eu não conseguia distinguir quem estava falando nas conversas paralelas. O máximo que conseguia era ficar perto de uma pessoa para manter um diálogo. Agora eu consigo conversar em uma mesa que não seja circular, mesmo que eu não esteja direcionado para uma determinada pessoa”, relata o advogado Chris Mammel, da Flórida (EUA).

“Esse aparelho transformou a minha vida. Agora está tudo muito mais claro. Consegui uma nova e ótima qualidade de vida e eu sou muito mais feliz. É um produto fantástico”, conta a gerente Barbara Siegel, também da Flórida (EUA).

Seja o primeiro a comentar on "Tecnologia pioneira: Um novo jeito de ouvir para os deficientes auditivos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*