Artigo | Seu banco na ponta dos dedos

Por Honorina Vieira


Os investimentos em tecnologia voltados para o setor financeiro são cada dia mais expressivos no Brasil. Isso porque o comportamento da sociedade no ambiente digital vem se tornando legítimo; um caminho sem volta para os consumidores e também para as instituições financeiras, que têm como um dos desafios garantir aos clientes um ambiente seguro para a realização de transações, bem como para compras online.

Somente em 2015, as transações bancárias feitas por internet banking e mobile banking ultrapassaram a metade do total, chegando a 54%, segundo pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Já as contas com internet banking saltaram de 56 milhões, em 2014, para 62 milhões em 2015, de acordo com a mesma fonte.

Para garantir a comodidade de seus clientes, os bancos oferecem um mix de serviços atrativo no ambiente virtual, que vão desde a conferência de saldos e extratos até a contratação de financiamentos, transferências e pagamentos de boletos bancários. Basta baixar o aplicativo correspondente ao seu banco e pronto. É possível, inclusive, se relacionar com o gerente e solicitar algum serviço personalizado.

As interfaces autoexplicativas e os layouts cada vez mais convidativos tornam a utilização mais funcional e intuitiva – diferenciais para o crescimento da adesão das novas tecnologias pelos usuários. Além da comodidade de realizar operações bancárias cotidianas de qualquer lugar que estiver e fora do horário comercial, principalmente em tempos de agendas atribuladas e horas vagas escassas.

Os esforços em TI para o setor financeiro concentram-se na segurança da informação. O objetivo é que os consumidores estejam mais tranquilos em relação à segurança das ferramentas disponíveis. Muito em breve, os clientes não mais precisarão incluir dados estratégicos – como número do cartão de crédito e CVC (Código de Verificação do Cartão) – para realizar uma compra no ambiente digital. A tendência é que, no lugar deles, um número de identificação pessoal, mais conhecido como PIN, seja gerado aleatoriamente para o usuário, podendo ser utilizado uma única vez a cada compra. Resultado: mais segurança para os clientes e para as instituições.

Aliado a todos esses investimentos em tecnologia, os bancos apostam na conscientização sobre o uso seguro no ambiente digital. Por meio dos canais de atendimento, emitem dicas educativas para o uso adequado de senhas e códigos de acesso, como a utilização do software oficial, atualização de antivírus e dos aplicativos, manter ativo anti-spam e firewall, entre outros.

Não há dúvidas de que os aplicativos móveis e o internet banking são realidade da vida moderna, acrescentam praticidade e eficiência. Mas as instituições precisam conhecer os anseios e as necessidades de seus diversos clientes e perfis para atendê-los bem, em todos os canais e plataformas. Afinal, bom atendimento e cliente satisfeito são sempre tendência.


Honorina Vieira é gerente de Canais de Atendimento Eletrônicos do Mercantil do Brasil


Seja o primeiro a comentar on "Artigo | Seu banco na ponta dos dedos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*