Centro-Oeste destina 18,4 mil t de embalagens vazias de defensivos agrícolas em 2016

Resultado contribui para o programa brasileiro de destinação atingir meta de 44,5 mil toneladas destinadas no ano

Durante o ano de 2016, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas) retirou dos campos do Centro-Oeste do Brasil, 18.401 toneladas dessas embalagens. Essa quantidade corresponde a 41% do total destinado no país.

O Sistema destinou de forma ambientalmente correta 44.528 toneladas do material no Brasil este ano. Com este número, foi atingida a meta anual estabelecida pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias).

Após 15 anos de atividades, o Sistema superou a marca de 410 mil toneladas destinadas corretamente desde o início das operações, em 2002. O sucesso do programa mostra que o Sistema está preparado para atender à demanda da agricultura brasileira. “Graças à integração dos elos da cadeia produtiva agrícola (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público), o Sistema se mantém como referência mundial na destinação desse material”, ressalta João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV.


Seja o primeiro a comentar on "Centro-Oeste destina 18,4 mil t de embalagens vazias de defensivos agrícolas em 2016"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*