Estrutural é a sexta região a receber ações do Cidades Limpas


A Estrutural receberá, de segunda (23) a sexta-feira (27), a sexta edição do Programa Cidades Limpas. As prioridades são o combate a pontos clandestinos de despejo de lixo, recolhimento de carcaças de carros abandonados e manejo ambiental para evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e o zika vírus.

A ação, organizada pela Secretaria das Cidades, terá a participação de diversos órgãos do governo de Brasília, que atuarão de forma coordenada no modelo de força-tarefa. O lançamento será nesta segunda-feira (23), às 9 horas, na entrada da região administrativa, ao lado do posto da Polícia Civil.

O objetivo é que a intervenção melhore o ambiente urbano, com base nas necessidades apontadas pela administração regional e pela comunidade. “Na Estrutural, nosso foco é o recolhimento de lixo e a conscientização da população sobre o descarte adequado”, diz o secretário das Cidades, Marcos Dantas.

Cerca de 300 pessoas, servidores do governo de Brasília ou de empresas que mantêm contrato com a administração pública, trabalharão na Operação Estrutural.

Entre as ações programadas para a região administrativa está a execução de terraplanagem em uma área próximo à igreja do assentamento Santa Luzia. “É um local onde há muita água parada, vamos fazer o aterramento para evitar o acúmulo”, comenta o administrador regional, Evanildo Macedo.

Também haverá retirada de entulho de uma área particular perto da Cidade do Automóvel. “É um ponto de descarte clandestino que já existe há pelo menos dez anos. Estamos sempre limpando, mas dependemos da consciência da população para que não se jogue mais lixo ali”, conta Macedo.

Entre as ações habitualmente executadas pela força-tarefa estão o recolhimento de entulho, troca de iluminação pública queimada, pintura de meio fio, poda de árvores, ações tapa-buraco e limpeza de bocas de lobo. As diversas frentes de trabalho, no entanto, são adaptadas de acordo com as prioridades de cada região. O Cidades Limpas já esteve em Brazlândia, em Ceilândia, no Paranoá, no Gama e no Itapoã.

Participarão também dessa edição do programa a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), o Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Militar, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito (Detran), a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Subsecretaria de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, e a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab).

Lançamento da Operação Estrutural do Programa Cidades Limpas

23 de janeiro (segunda-feira)

Às 9 horas

Na entrada da região administrativa, ao lado do posto da Polícia Civil

Seja o primeiro a comentar on "Estrutural é a sexta região a receber ações do Cidades Limpas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*