Banco de Brasília destina R$ 71 milhões ao agronegócio


O valor será destinado à safra 2017/2018

A partir da próxima semana (1º/02) o Banco de Brasília começa a protocolar propostas de pré-custeio, referente ao biênio 2017/2018. Os documentos podem ser entregues em qualquer agência do BRB até o dia 30/5 e o prazo final de contratação será até 30/6/2017. “Em 2016, foi destinado ao agronegócio o valor aproximado de R$ 37 milhões. Este ano, porém, temos disponíveis cerca de R$ 71 milhões”, comentou a gerente de crédito rural do BRB, Thays Moura.

 

Como funciona?

A linha de crédito, denominada pré–custeio, é destinada à aquisição de insumos para as culturas de soja e milho, antecipadamente ao ciclo de produção a que se destinam. Ressalta-se, porém, que os insumos adquiridos devem ser utilizados no prazo de até 270 dias, a contar da data da contratação da operação.

 

Projetos

Os projetos protocolados devem observar as recomendações de plantio do Zoneamento Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e beneficiar, prioritariamente, imóveis localizados no Distrito Federal e na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE).

Dentre a documentação necessária, o interessado deve entregar junto à proposta um orçamento analítico com identificação dos insumos utilizados na cultura financiada e um laudo técnico assinado por profissional habilitado e pelo mutuário, atestando as condições da safra anterior, se esta foi financiada por alguma instituição financeira, além de indicação da data prevista para colheita e a produtividade esperada/alcançada.

 

Beneficiários

Beneficiam-se desta linha os produtores rurais pessoa física, pessoa jurídica e cooperativas de produção agropecuária. Dúvidas sobre a linha de crédito e a documentação necessária podem ser esclarecidas diretamente nas agências do BRB que operacionalizam o crédito rural: Brazlândia, Ceasa, Planaltina e Unaí.

Seja o primeiro a comentar on "Banco de Brasília destina R$ 71 milhões ao agronegócio"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*