Meirelles diz que país deve sair da recessão no primeiro semestre de 2017


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (1º) que a economia brasileira deverá sair da recessão ainda no primeiro semestre de 2017 e que o desempenho da economia no último trimestre deste ano registrar crescimento de aproximadamente 2% em relação aos últimos três meses de 2016.

“A nossa expectativa é que, sim, sai da recessão, significando que [a economia do país] crescerá a uma taxa moderada no primeiro trimestre, mas já entra em uma trajetória de crescimento durante o ano e, consolidando isso, nós teremos um crescimento”, disse o ministro em evento organizado pelo banco de investimento Credit Suisse na capital paulista.

Segundo Meirelles, a expectativa do governo é que a recuperação da economia ocorra sem o  “padrão voo de galinha”, de altos e baixos acentuados. “[A expectativa é] o Brasil, durante o correr do ano, entrar em uma rota de crescimento sustentado e sustentável, que significa o seguinte: é importante que nós possamos de fato nos livrar de uma vez por todas desse padrão voo de galinha, o Brasil crescer alguns anos e depois cai o crescimento e entra em uma recessão”, disse.

Para o ministro da Fazenda, o ajuste fiscal e as reformas que estão sendo implementadas pelo governo farão com que o país consiga evitar ciclos acentuados de melhora e queda do desempenho da economia. “Temos que entrar em uma rota de crescimento estável. Tem ciclos econômicos, é normal, é inevitável, mas sair desse padrão de ciclos acentuados de crescimento e queda. E isso vem como resultado da evolução na solução dos problemas fundamentais, do ajuste fiscal”, destacou.

Aos investidores, Meirelles disse que a retomada econômica já é perceptível e que os resultados de desempenho de diversos setores já começam a mostrar que o país está saindo da recessão. “Tirar o Brasil desta crise é fundamental e isso já está acontecendo. Diversos setores já começaram a crescer em dezembro. Automóvel já cresceu, também transporte pesado, relacionado a isso, pedágio de transporte pesado nas rodovias e pedágio de transporte leve. A produção industrial cresceu no mês de dezembro, o que significa que o país já está em um processo de retomada.”

Inflação

Sobre a inflação, Meirelles disse que o índice tende a cair no longo prazo como resultado das reformas promovidas pelo governo, que impedem a expansão fiscal. Ele ressaltou que a economia brasileira vem mostrando mais eficiência e maiores índices de produtividade.

“A questão de segurança jurídica de diversas atividades está sendo endereçada, e também essa questão toda de eficiência e produtividade da economia. Quer dizer, tudo isso faz com que a tendência, a longo prazo, seja uma queda da taxa de juros estrutural da economia e também uma queda da inflação. Não há dúvida de que o Brasil está caminhando para a normalidade”, acrescentou.

Seja o primeiro a comentar on "Meirelles diz que país deve sair da recessão no primeiro semestre de 2017"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*