Governador do DF empossa novos diretores e vices da rede pública de ensino


O ano letivo de 2017 vai começar com novos gestores na rede pública de ensino. Na tarde desta quinta-feira, 1.334 diretores e vice-diretores foram empossados em solenidade simbólica no Arena Hall, em Vicente Pires. Eles foram escolhidos em votação direta por pais, alunos, professores e servidores para representar cada unidade educacional de Brasília.

Presente à cerimônia, o governador Rodrigo Rollemberg distribuiu alguns dos bótons simbólicos criados pela Secretaria de Educação para homenagear os gestores, incluindo os coordenadores regionais de ensino. “Vocês são as pessoas mais importantes do DF nos próximos três anos; os saudamos pelo compromisso público que assumem agora”, disse o governador aos diretores, referindo-se ao tempo de mandato.

Rollemberg deu as boas-vindas aos educadores e reforçou que o governo se esforçará para melhorar a qualidade do trabalho nas escolas. Ele também ressaltou o sucesso dos alunos da rede pública. “A cada ano, ocupamos um espaço maior nas universidades públicas, o que é motivo de muito orgulho”, disse o governador.

O secretário de Educação, Julio Gregório Filho, agradeceu a todos pela coragem de encarar o desafio e desejou que eles honrem os deveres de educar e guiar crianças e adolescentes do DF. “Aos que se elegeram pela primeira vez, vocês aprenderão muito e contribuirão ainda mais com o sucesso dos nossos estudantes.”

Eleita pela primeira vez, a vice-diretora Edilvane Andrade, de 43 anos, não escondeu a emoção de assumir a gestão do Centro de Ensino Fundamental 1 do Núcleo Bandeirante, conhecido como Sapão. “Estamos confiantes e queremos executar muitos projetos, com destaque para a sustentabilidade”, revelou a professora de inglês. Antes, ela era coordenadora do Centro de Línguas da região administrativa.

Os cuidados com o meio ambiente também são encarados com seriedade pelo diretor do Centro de Ensino Fundamental 2 do Riacho Fundo II, Gilson Maroni Cabral, de 61 anos. “Desenvolvemos programas para falar da crise hídrica e da preservação dos recursos naturais”, observou.

Para este mandato, o diretor adiantou que investirá em projetos para conscientização dos alunos sobre o lixo e sobre violência. Em 2015, Cabral assumiu a gestão da escola a convite, como substituto. “A eleição confirmou que estávamos fazendo um bom trabalho”, ressaltou o titular.

Seja o primeiro a comentar on "Governador do DF empossa novos diretores e vices da rede pública de ensino"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*