Atleta paralímpico recebe primeiro cachorro do Projeto Genocão

Atleta paralímpico recebe primeiro cachorro do Projeto Genocão


Programa treina cachorros para exercer a função de cão assistente e coterapeutas às pessoas com deficiência física

 

O Projeto Genocão teve início nesta segunda-feira (13) com a entrega do primeiro cachorro do programa que treina animais para exercer a função de cão de assistência e coterapeutas às pessoas com deficiência física.

Batizada de Paçoca, a fêmea da raça golden retriever, de 2 anos de idade, foi doada ao paratleta Lucas França Couto Junqueira, da Seleção Brasileira Paralímpica de Rugby Masculino, que sofreu um acidente de mergulho na praia, em janeiro de 2009, e ficou tetraplégico.

“Eu tive uma lesão medular e perdi os movimentos e a sensibilidade do pescoço pra baixo. Por isso que ela ajuda muito na minha independência e autonomia. Eu agradeço pelo projeto. Depois do acidente, o que a gente mais busca é voltar a ter independência e a Paçoca está me ajudando nisso”, explicou Lucas.

Após o treinamento que durou um ano e oito meses, o animal se tornou um cão de serviço para cadeirante e é capaz de auxiliar o paratleta. “Hoje é um dia importante, o cão treinado vai ajudar na transferência da cadeira de rodas para a cama, no acionamento de interruptores de luz, na busca de objetos e na retirada de peças de roupa, dentre outras tarefas do dia a dia, além de ser uma ótima companhia”, explicou o governador Geraldo Alckmin durante a entrega de Paçoca.

O projeto foi desenvolvido pela Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) e financiado pelo Fundo Estadual de Interesses Difusos (FID), vinculado a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania.

Animal foi doado ao paratleta Lucas França Couto Junqueira, da Seleção Paralímpica de Rugby

 

Seja o primeiro a comentar on "Atleta paralímpico recebe primeiro cachorro do Projeto Genocão"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*