Prazo para contribuir com o Orla Livre termina amanhã (15)

Prazo para a população fazer sugestões relativas à revitalização da orla do Lago Paranoá termina nesta quarta-feira (15). Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília – 7.7.2016


Mais de 3,2 mil pessoas participaram de enquete e quase 200 enviaram sugestões para consulta pública até a tarde de ontem

Os brasilienses têm até amanhã (15) para dar sugestões de como deve ser revitalizada a orla do Lago Paranoá. Disponível desde 8 de dezembro, quando foi lançado o Plano Orla Livre, a enquete sobre o tema recebeu, até a tarde de segunda (13), 3.218 participações. Para a consulta pública, que é mais técnica, foram 198 contribuições no mesmo período.

As opiniões sobre o projeto são importantes para auxiliar o governo na escolha dos equipamentos públicos para o local. Há proposta de instalação de infraestrutura para trilhas, de bebedouros, de quiosques e de parques infantis, por exemplo.

Por meio da enquete O que você quer na orla?, o cidadão conta que uso faz atualmente do espaço e o que gostaria de usufruir às margens do lago. As 15 perguntas abordam ainda temas como limpeza, segurança e mobilidade. Já na consulta pública virtual, a contribuição é mais técnica e baseada na minuta do termo de referência para propostas de um plano urbanístico e paisagístico.

Posteriormente, o documento fará parte de um edital de concurso público internacional, o Masterplan, que vai propor a forma de ocupação e a configuração da paisagem, além de possibilidades de utilização do espelho d’água. As sugestões feitas pela população na consulta serão analisadas para adequar o termo antes da publicação do certame.

Para a consulta, é preciso preencher cadastro on-line. Nele, são requisitados dados básicos: nome, CPF, e-mail, região administrativa e profissão, para pessoas físicas. Para pessoa jurídica, pedem-se razão social, CNPJ, e-mail, região administrativa e ramo de atuação.

O que é o Plano Orla Livre?

Com os recursos de enquete e consulta, o governo local pretende dar espaço para que todos possam propor modelos de ocupação ordeira do espelho d’água. A proposta é ter acessos ao público e iniciativas sustentáveis que permitam desenvolver pequenos negócios, além do fomento à prática de esporte, lazer e cultura.

O Plano Orla Livre tem o objetivo de tornar o Lago Paranoá um ponto de encontro mais acessível, organizado e com diversas opções de lazer, além de pensar em oportunidades de negócios pontuais que fomentem a economia. A proposta reúne uma série de ações para revitalizar 38 quilômetros de margem do espelho d’água e também busca soluções de mobilidade para quem quiser chegar à região.

Seja o primeiro a comentar on "Prazo para contribuir com o Orla Livre termina amanhã (15)"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*