Programa Escreve Cartas volta à estação Brás da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

Programa Escreve Cartas volta à estação Brás da CPTM

Histórias e sentimentos serão registrados gratuitamente por voluntários que enviarão as cartas com foto do remetente tirada na hora
Quem passar pela estação Brás da CPTM, nesta terça-feira (14), poderá ter suas histórias, sentimentos e recados registrados em cartas para amigos e familiares distantes. Os integrantes do grupo Coletivo Estopô Balaio, por meio do projeto Ateliê de Memória e Narrativa, escreve gratuitamente para quem necessita do serviço, seja porque não aprendeu a escrever ou tem dificuldade.

O usuário poderá escolher quem receberá a carta que também terá uma foto do remetente feita na hora com uma câmera Polaroide.  A iniciativa lembra a personagem Dora, interpretada pela atriz Fernanda Montenegro no filme “Central do Brasil”, de Walter Salles. A personagem escrevia cartas para analfabetos que passavam pela Estação Central do Brasil e viam nas cartas a oportunidade de matar a saudade de seus entes queridos.

Os integrantes do grupo escutam as histórias daqueles que tem amigos e parentes distantes ou, simplesmente, desejam fazer uma declaração para a mãe, o pai, ou até mesmo para um grande amor.  Sem nenhum tipo de censura ou restrições, as cartas serão enviadas para qualquer local, do Brasil ou mundo, retratando qualquer tema, anseio ou pedido de ajuda.

Seja o primeiro a comentar on "Programa Escreve Cartas volta à estação Brás da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*