Ponte da Integração promove desenvolvimento e aquece economia em Mazagão

Além de aquecer as vendas e movimentar a economia, Ponte trouxe desenvolvimento. Foto: Wenndel Paixão

Comerciantes comemoram crescimento nas vendas após inauguração
No município de Mazagão, o comércio que antes era tímido, aos poucos vem sendo aquecido após a inauguração da Ponte da Integração. Um movimento bem-vindo para proprietária da Panificadora Estrela de Davi, Emilly Silva. O estabelecimento fica bem na entrada da cidade, e tem sido um dos pontos preferidos de parada dos turistas que visitam o município.
“Estamos muito felizes. O movimento é pelo menos 50% a mais que antes. Nos fins de semana é ainda maior. Tivemos que aumentar a nossa produção de salgados, pães e bolos. Além de contratar mais dois funcionários para dar conta da demanda. Essa ponte é uma benção”, comemorou a comerciante.

Além de aquecer as vendas e movimentar a economia no comércio local, a Ponte trouxe desenvolvimento e uma maior variedade de produtos nas prateleiras. Novidades que podem ser conferidas no Comercial Ceará. A funcionária Nilda Pereira, conta que antes os caminhões das distribuidoras não faziam entrega em Mazagão, então, eles tinham que vim até Macapá fazer as compras, e aí só levavam o básico. Hoje as prateleiras possuem variedade de produtos, oferecendo aos clientes mais opções.

“As vendas melhoraram. Tivemos um crescimento significativo e isso nos trouxe muita alegria. A expectativa é que Mazagão finalmente alcance o tão sonhado desenvolvimento”, comentou Nilda.

Turismo

No turismo, a ponte promove o município de Mazagão a partir da Festa de São Tiago, maior evento religioso do município e um dos mais importantes no calendário cultural amapaense.

Mas, há também quem vá para o município aos fins de semana, seja para contemplar a beleza que a Ponte proporciona, como também visitar os diversos balneários que oferecem ambientes agradáveis e uma comidinha regional de dar água na boca.

Um passeio por Mazagão Novo e Mazagão Velho também é inesquecível, cidades que oferecem história, pessoas acolhedoras e outras especificidades regionais.

Impulsionando os potenciais

No setor primário, a Ponte se tornou rota de escoamento da produção agrícola na região do município de Mazagão, onde vivem 171 produtores da agricultura familiar, em 26 comunidades.

A base da produção consiste no plantio da mandioca e derivados, milho, abóbora e polpa de frutas, entre outros. Em 2016, aproximadamente 135 toneladas de alimentos foram produzidas na região e escoadas para outras áreas do estado.

A Ponte também beneficia o setor industrial da região. No eixo metropolitano, estão localizadas 70 empresas que atuam neste segmento, além de garantir mais segurança e agilidade no transporte das mercadorias para a capital e outras regiões do Amapá.

Além do acesso principal, a obra também possui seis alças viárias que garantirão acesso direto para os empreendimentos localizados às margens do Rio Matapi.


Seja o primeiro a comentar on "Ponte da Integração promove desenvolvimento e aquece economia em Mazagão"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*