Assembleia comemora 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817

REUNIÃO SOLENE – Cerimônia contou com a presença do governador Paulo Câmara e de outras autoridades do Estado. Foto: Henrique Genecy

Para relembrar a memória dos heróis que marcaram seus nomes na história de Pernambuco com atos de bravura, servindo de exemplo para a formação da nação brasileira, a Assembleia Legislativa celebrou, nesta segunda (6), com uma Reunião Solene, os 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817. O deputado Ricardo Costa (PMDB) foi o autor da iniciativa.

Entre o final do século 18 e o início do século 19, o desejo de liberdade que eclodia em vários lugares do mundo também agitava os ânimos de Pernambuco. O Estado foi palco de movimentos libertários intensos, e a Revolução Pernambucana, que teve início no dia 6 de março, é considerada uma das mais importantes do período colonial. Com o objetivo de conquistar a independência, os revoltosos chegaram a formar seu próprio governo, mas foram reprimidos, e os líderes, condenados à morte. Após a sanção da Lei 13.386/2007, de autoria da deputada Terezinha Nunes (PSDB), a Revolução Pernambucana passou a ser considerada a Data Magna do Estado, comemorada no primeiro domingo de março.

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), abriu a cerimônia, destacando “que a iniciativa busca homenagear os revolucionários e difundir, entre a população, o conhecimento sobre sua própria história”. Para Ricardo Costa, “o movimento revolucionário nos deixou o legado da responsabilidade, do rumo permanente na construção da democracia e da consciência de que a Pátria aqui floresceu”.

O grão-mestre da Grande Loja Maçônica Jandhuy Cassiano Fernandes Diniz recebeu uma placa comemorativa da Alepe. Já o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, recebeu a Medalha Comemorativa ao Bicentenário da Revolução Pernambucana das mãos do governador Paulo Câmara. Em seu discurso, o gestor estadual ressaltou “que, além do simbolismo que carrega, a data é importante para que o Estado reflita e avance rumo ao que de melhor nos reserva o futuro, com a coragem dos que no passado forjaram a base do que hoje somos”. Também participaram da solenidade o prefeito Geraldo Julio, representantes do Judiciário e demais autoridades de Pernambuco.

Seja o primeiro a comentar on "Assembleia comemora 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*