Curso ensina prevenção de lesões a profissionais de centros olímpicos


Sessenta funcionários participaram do treinamento nesta segunda-feira (3). Aprendizado será repassado para 650 alunos do Distrito Federal

Profissionais dos centros olímpicos e paralímpicos de Brasília participaram, nesta segunda-feira (3), do Programa Fifa 11+. O projeto visa à capacitação de professores para prevenção de lesões em atletas.

Ao todo, 60 funcionários receberam orientações do fisioterapeuta Marcio Oliveira, da Federação Internacional de Futebol (Fifa). O intuito é que a metodologia seja aplicada nos centros de treinamentos do Distrito Federal.

Curso ensina prevenção de lesões a profissionais de centros olímpicos.

Curso ministrado pelo fisioterapeuta da Fifa Marcio Oliveira ensina profissionais de centros olímpicos e paralímpicos a prevenir lesões em atletas. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O evento foi promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pela Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, pela Federação de Futebol do DF e pelo Hospital Home.

Voltada para as modalidades de futebol e futsal, a técnica repassada se concentra em atividades preparatórias e de aquecimento.

“O programa foi criado para o futebol, no entanto, ele já foi testado em várias modalidades e mostrou resultados positivos”Marcio Oliveira, fisioterapeuta da Fifa

De acordo com Marcio Oliveira, toda a metodologia aplicada tem como intuito melhorar o desempenho do atleta e, consequentemente, diminuir os riscos de lesões. As táticas trabalham equilíbrio, coordenação, agilidade, potência e resistência.

Essa é a primeira vez que a Fifa promove um workshop para todos os profissionais das áreas esportivas. “O programa foi criado para o futebol, no entanto, ele já foi testado em várias modalidades e mostrou resultados positivos”, explica Marcio Oliveira.

A ideia, segundo ele, “é contemplar também outras modalidades e, a partir dos resultados, direcionar os treinamentos.”

Para Romualdo Dantas, gerente didático-pedagógico do Centro Olímpico e Paralímpico da Estrutural e ex-jogador de futebol, esse curso é de extrema importância. “Principalmente porque nós estamos trabalhando com possíveis atletas em formação”, enfatiza.

É importante, para ele, trazer para o esporte em Brasília exercícios e posturas adequadas, com respeito às faixas etárias. “Isso vai contribuir para que a criança se torne um adolescente ou um adulto com muito mais possibilidade de alcançar o topo da carreira como atleta. E tudo vai começar conosco.”

Seja o primeiro a comentar on "Curso ensina prevenção de lesões a profissionais de centros olímpicos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*