BM lança ofensiva contra o crime com operação especial de Tiradentes

Operação Avante Tiradentes, que ocorrerá durante 44 horas, integra força-tarefa simultânea em todo o território nacional - Foto: Rafael Silva/BM
A Brigada Militar lançou nesta quinta-feira (20), no Largo Glênio Peres, uma ofensiva contra a criminalidade que ocorre simultaneamente em todo o território nacional. Com efetivo de mais de 10 mil policiais militares, 4,3 mil viaturas, duas aeronaves, quatro embarcações e o reforço de policiais do setor administrativo (alunos que se formarão soldados e bombeiros militares), a Operação Avante Tiradentes homenageia o Dia do Policial, comemorado nesta sexta-feira (21).

Denominada Operação Tiradentes em nivel nacional, a ação reúne policiais e bombeiros militares de todos os estados e se estende por 24 horas, indo até às 14h desta sexta. No Rio Grande do Sul, será empregada até o sábado (22), perdurando por 44 horas ininterruptas. A força-tarefa nacional, somando mais de 600 mil homens e mulheres, tem o objetivo de garantir a ordem pública.

Para o comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, o reforço de policiamento amplia o esforço rotineiro dos brigadianos. “Serão 44 horas de atuação para mostrar nosso alto grau de patriotismo, despreendimento e compromisso público. Além da rotina, do cotidiano, das operações normais de prevenção, vamos reunir o máximo de efetivo, trazendo policiais da administração e das escolas para um movimento diferente”, afirmou.

Na avaliação de Dal’Lago, a operação destaca o compromisso da corporação em preservar a segurança pública. “Com essa operação, vamos mostrar a unidade das polícias militares do país em apoio às pessoas de bem. Queremos potencializar o policiamento, dar percepção de segurança e fazer com que o delinquente tenha medo de cometer delitos”, enfatizou.


Força-tarefa terá ofensiva especial contra o crime até sábado. Rafael Silva/BM

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, ressaltou a luta diária dos servidores da Segurança Pública para garantir tranquilidade à população. “Estamos enfrentando a violência e a criminalidade de forma consistente. O governo do Estado vem dando provas de que trata a questão como prioridade através da série de medidas anunciadas e colocadas em prática ao longo dos últimos meses”, salientou.

Frear a criminalidade

A Operação Avante Tiradentes acontece nos 16 comandos regionais, focando na redução de crimes em regiões com maior incidência de latrocínio, homicídio, roubo a veículo, roubo a pedestre e roubo a transporte público. O reforço de policiamento nas ruas está previsto para todas as regiões do estado. Na segunda quinzena de julho haverá a formação de 1.060 policiais militares e 200 bombeiros. O governo do Estado também divulgou a convocação de 522 futuros policiais militares e bombeiros aprovados no concurso.

Ação Cívico Militar

A BM também promove Ação Cívico Militar nesta sexta, das 10h às 13h, no Centro Humanístico Vida – Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 2132, Zona Norte de Porto Alegre. Estão previstas atividades de orientação sobre segurança pública, Patrulha Maria da Penha e educação ambiental, brincadeiras infantis, exposição de animais taxidermizados, exibição de helicóptero da BM, passeio a cavalo, apresentação do canil, escolinha de trânsito, apresentação da Banda de Música da BM, prevenção à saúde bucal, verificação de pressão arterial e exposição de equipamentos usados no policiamento e combate a incêndio.

Seja o primeiro a comentar on "BM lança ofensiva contra o crime com operação especial de Tiradentes"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*