Detran oferece escola itinerante para motociclistas


Projeto realiza curso de especialização para exercício profissional

 

O Detran-RJ iniciou o projeto Moto Legal, uma escola itinerante para motociclistas que tem como objetivo levar instrutores da Escola Pública de Trânsito do departamento para ministrarem o curso de especialização para motociclistas que pretendem exercer a atividade remunerada de mototaxistas.
Segundo o presidente do Detran-RJ, Vinicius Farah, a ideia é melhorar a qualidade dos serviços prestados à população.

– Vamos capacitar os mototaxistas para ter um profissional preocupado em servir os passageiros com segurança e respeito às leis de trânsito. Sabemos que a maioria deles tem dificuldade financeira para custear o curso em uma autoescola – explicou Vinicius Farah.

A primeira cidade beneficiada será Queimados, na Baixada Fluminense, onde até o dia 26 de maio 105 mototaxistas serão atendidos. Segundo o Detran, todos os profissionais do setor terão que passar pelo curso para não serem impedidos de exercer a função. O certificado do curso vai constar, inclusive, na carteira de habilitação. Estima-se que, ao todo, pelo menos 20 mil pessoas estejam exercendo a função de mototaxistas no estado, mas apenas quatro municípios já regularizaram a profissão: Queimados; Rio de Janeiro; Três Rios, no Centro-Sul Fluminense; e Angra dos Reis, na Costa Verde. A regulamentação da profissão cabe aos municípios.

As aulas desse tipo de curso, que custam em média R$ 350 em autoescolas, serão ministradas de graça. Até o momento, o Detran já capacitou 8.860 motociclistas, entre motofreistas e mototaxistas, em todo o estado.

Em Queimados, o curso terá quatro turmas de 30 alunos. Serão três instrutores envolvidos no projeto.

Seja o primeiro a comentar on "Detran oferece escola itinerante para motociclistas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*