Encontro de secretários de meio ambiente traz preocupação climática ao debate

Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia foi assinado nesta segunda-feira (24) e marca o compromisso do DF e dos estados com o tema

Evento conhecido como Capitais Brasileiras (CB27) reuniu, nesta segunda-feira (24), secretários de meio ambiente dos 26 estados e do Distrito Federal para debater ações sustentáveis no País. Em coquetel na Residência Oficial de Águas Claras, com a presença do governador Rodrigo Rollemberg, titulares da Frente Nacional de Prefeitos assinaram um pacto pelo clima.

O fórum tem como objetivo mapear e apresentar fontes de financiamento verde para as capitais. A meta é identificar demandas nessas unidades federativas sobre recursos, trocar experiências de projetos de gestão ambiental e ampliar a discussão sobre mudanças climáticas.O documento, que contou com a assinatura do secretário do Meio Ambiente do DF, André Lima, como testemunha, marca um compromisso voluntário de enfrentamento das mudanças climáticas. O Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia combina esforços e lideranças para acelerar as ações relacionadas ao aquecimento do planeta.

Para o governador Rodrigo Rollemberg, o evento traz a Brasília o holofote da agenda ambiental e fortalece a imagem da cidade, que já possui práticas sustentáveis. “Hoje tivemos a honra de receber todos os secretários de meio ambiente, de todas as capitais, para uma grande integração em torno de uma agenda sobre o clima”, discursou o governador Rodrigo Rollemberg.

“Tivemos a honra de receber os secretários de meio ambiente, de todas as capitais, para uma grande integração em torno de uma agenda sobre o clima”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Na ocasião, Rollemberg ressaltou as práticas que o governo tem feito como a desativação do lixão da Estrutural e a incorporação dos catadores de materiais recicláveis no processo produtivo dentro dos centros de triagem.

De forma inédita, a iniciativa forma a maior coalizão global de cidades comprometidas com a liderança para o desenvolvimento de baixo carbono, consolidada nos compromissos de mais de 7,1 mil cidades de 119 países e seis continentes, representando mais de 600 mil habitantes, cerca de 8% da população global.

O secretário do Meio Ambiente de Brasília, Andre Lima, fala durante o Capitais Brasileiras (CB27), nesta segunda-feira (24), na residência oficial de Águas Claras. O secretário do Meio Ambiente de Brasília, André Lima, fala durante o Capitais Brasileiras (CB27), nesta segunda-feira (24), na Residência Oficial de Águas Claras. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O que é o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia

O lançamento do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia ocorreu seis meses após a Conferência de Paris, na qual as cidades desempenharam um papel crucial na defesa de um acordo internacional ambicioso, e representa uma reação histórica e poderosa dos líderes locais às urgentes mudanças climáticas.

Ao alinhar os esforços liderados pelas cidades, o acordo permite maior colaboração entre cidades em todo o mundo, preenchendo lacunas e construindo conexões, além de aumentar a oferta de financiamento para apoiar e capacitar a administração pública na ação local pelo clima e energia renovável.


Seja o primeiro a comentar on "Encontro de secretários de meio ambiente traz preocupação climática ao debate"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*