Programa Restauro já recuperou 17 quilômetros da Rota do Sol

No momento, as máquinas e os operários concentram as ações no segmento seguinte, que vai até o entroncamento com a ERS-476, em Lajeado Grande - Foto: Daer

O caminho que liga a Serra ao Litoral Norte do Rio Grande do Sul está recebendo uma série de melhorias para proporcionar mais conforto e segurança aos motoristas. A Rota do Sol – como é popularmente conhecida a rodovia RSC-453 – passa por obras de recuperação total do asfalto e da sinalização, promovidas pelo governo do Estado, via Secretaria dos Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

Os serviços integram o Programa Restauro, que está entre os projetos prioritários do Acordo de Resultados – pacto pelas metas do Estado firmado entre o governo, secretarias estaduais e instituições vinculadas. O trabalho consiste na renovação do pavimento, dos dispositivos de drenagem e da sinalização de 34 quilômetros da rodovia em São Francisco de Paula. O investimento total é de R$ 25,5 milhões, obtidos mediante financiamento junto ao Banco Mundial (Bird).

O secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, disse que as obras ocorrem em ritmo acelerado. “Iniciamos em março e já contamos com 17 quilômetros restaurados, o que corresponde à metade dos serviços previstos em contrato”, comemora. “É o resultado de um esforço em conjunto com o governador José Ivo Sartori e o Daer, que têm se destacado em resolver todos os impasses técnicos e financeiros para a retomada de grandes projetos na malha viária estadual.”

A restauração da pista está finalizada no trecho do distrito de Tainhas até o entroncamento com a ERS-110, na localidade de Várzea do Cedro. No momento, as máquinas e os operários concentram as ações no segmento seguinte, que vai até o entroncamento com a ERS-476, em Lajeado Grande. “Contamos com equipes em várias frentes, desde a remoção das camadas defeituosas de pavimento até a implantação da capa final de asfalto”, especifica o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti. “Já temos, inclusive, a sinalização de pista implantada em 75% da extensão da rodovia, o que comprova a velocidade com que os serviços são executados.”

Além das obras do programa Restauro, a Rota do Sol teve outro trecho recentemente recuperado pelo Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias da região da Serra (Crema Serra). Os 53 quilômetros entre Lajeado Grande e a BR-116, em Caxias do Sul, contam com pavimento e sinalização completamente restaurados e, hoje, passam por serviços de conservação constante com prazo de quatro anos.

Acordo de Resultados

O Programa Restauro está entre as prioridades do Acordo de Resultados. Assinado por todas as secretarias e vinculadas, ele consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado e Envolve o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão. Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade, com o objetivo de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.

Seja o primeiro a comentar on "Programa Restauro já recuperou 17 quilômetros da Rota do Sol"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*