1.200 profissionais da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes serão vacinados contra a gripe


Meta é atingir 80% dos servidores da unidade

Na manhã desta terça-feira, 16, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) deu início ao ciclo de vacinação contra a gripe influenza A (H1N1), que segue até a sexta-feira, 18. A aplicação será voltada para os funcionários que atuam na unidade. A iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde(SES), conta com o apoio do Serviço Médico do Trabalhador (Sesmt/MNSL).

“Este ano foram disponibilizadas mais de 1.200 vacinas para essa unidade. Esperamos atingir 80% dos servidores. Até sexta-feira, todos devem obrigatoriamente se proteger contra o vírus, já que somos uma categoria mais expostas à gripe, deixar nosso corpo imune às doenças infecto respiratórias”, afirmou a coordenadora de Urgência e Obstetrícia, Lourivânia Prado.

A secretária Nadiceia Sandes, mesmo não atuando em um setor propício ao contágio, fala da importância de se proteger. “O mais importante é estar protegido. Há muito tempo que trabalho nessa unidade e não deixo de me vacinar contra esse vírus”, disse.

“É nossa obrigação nos protegermos, pois cuidamos e estamos mais próximos das pacientes. Assim, protegeremos também nossos pacientes. Não podemos contrair e nem passar o vírus para essas pessoas”, afirmou a médica residente de Ginecologia e Obstetrícia, Kaity Magna.

Seja o primeiro a comentar on "1.200 profissionais da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes serão vacinados contra a gripe"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*