Ações do ID Jovem beneficiarão 825 mil paranaenses, de 15 a 29 anos

No Paraná, 825 mil paranaenses, de 15 a 29 anos, de famílias de baixa renda, serão beneficiados pelas ações do programa Identidade Jovem (ID Jovem). Ele dá direito a meia-entrada em espetáculos artístico-culturais e esportivos e garante, também, a reserva de duas vagas gratuitas e duas com desconto de 50% em ônibus de viagem interestaduais, barcas e trens. Em Curitiba, são 52 mil jovens beneficiados.

Criado pelo governo federal, o ID Jovem foi lançado no Estado pelo governador Beto Richa e o secretário nacional da Juventude, Francisco de Assis Costa Filho, em solenidade no Palácio Iguaçu, nesta terça-feira (16). Richa explicou que haverá mobilização no Estado para divulgar o programa e que isso demonstra a atenção do governo estadual para com este público. Será feito esforço de divulgação e capacitação para atendimento aos jovens em todos os municípios.

O governador lembrou que o ID Jovem é segunda ação voltada à juventude que o Paraná anuncia, somente nos últimos dias. “Na semana passada regulamentamos o Conselho Estadual da Juventude, que ficou desativado por 20 anos. O Conselho vai facilitar o acesso dos jovens à elaboração de políticas públicas e articular ações em prol desta causa. Estamos garantindo aos jovens do Paraná o exercício da cidadania”, afirmou.

AUTONOMIA

O secretário nacional de juventude explicou que o programa garante aos jovens diversos benefícios na sua rotina, como maior acesso a eventos artísticos, esportivos e culturais, e mais facilidade à mobilidade, pois permite viajar de um estado para o outro de graça. Além disso, garante inscrições gratuitas no Enem e a confecção da carteirinha de estudante de graça. “Essas ações ajudam o jovem a buscar autonomia, emancipação e transformação social no seu dia a dia”, afirmou Francisco de Assis.

MOBILIZAÇÃO

O Paraná fará um trabalho de mobilização pelo programa, segundo explicou o assessor especial da juventude no Paraná, Edson Lau Fillho. “Será realizado um trabalho de capacitação e formação de multiplicadores para divulgar o programa e garantir que seus benefícios cheguem aos jovens de todas as regiões. Iremos rodar 14 regiões do Estado, qualificando os responsáveis na área de assistência social, da juventude, de esporte e outras que envolvam os jovens”, disse Lau Filho.

A capacitação de multiplicadores do programa já aconteceu em Curitiba, nos municípios da Região Metropolitana e Litoral. As demais capacitações acontecem em Jacarezinho (18.05), Londrina (19), Foz do Iguaçu (08.06), Cascavel (09), Umuarama (29.06), Maringá (30.06), Francisco Beltrão (13.07), Pato Branco (14.07) Guarapuava (03.08) e Ponta Grossa (04.08)

Lau Filho informou que a assessoria Especial da Juventude conversou com os chefes de Núcleo Regionais da Educação para que ativem os diretores das escolas estaduais. “Eles estimularão os estudantes a conhecerem o programa ID Jovem. O cadastro pode ser realizado imediatamente e estamos ajudando nessa mobilização.”

CARTEIRA VIRTUAL

A emissão da carteirinha ID Jovem é virtual e gratuita, baixada por aplicativo ou emitida no site da Caixa Econômica Federal. A estimativa é a de que ela beneficie 15,8 milhões de brasileiros pertencentes à famílias com renda mensal de até dois salários mínimos, inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O funcionamento da meia-entrada artística-cultural e esportiva é semelhante ao já conhecido da Carteira de Identificação Estudantil. Para acessar esse benefício, basta apresentar a carteira ID Jovem no momento da aquisição do ingresso e na portaria.

Confira como se inscrever no programa

Para fazer o cadastro no ID Jovem, basta acessar o site ou aplicativo e preencher os dados solicitados e o Número de Identificação Social (NIS). O governo federal disponibiliza aos beneficiários a possibilidade de emissão do cartão de identificação, no site www.caixa.gov.br/idjovem.

TRANSPORTE

A reserva de vagas em comboios interestaduais deverá ser feita, no mínimo, com três horas de antecedência antes da viagem. O beneficiário deve apresentar a ID Jovem e a carteira de identidade no momento em que solicitar o bilhete. Caso a empresa se recuse a fornecê-lo, as denúncias devem ser feitas pelo telefone 166 (Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT).


Seja o primeiro a comentar on "Ações do ID Jovem beneficiarão 825 mil paranaenses, de 15 a 29 anos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*