Escola que vai atender 1,4 mil alunos é inaugurada em Joinville pelo governador e pelo ministro da Educação


Com presença do governador Raimundo Colombo, do ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho e do secretário de Estado da Educação Eduardo Deschamps, foi inaugurada nesta segunda-feira, 15, em Joinville a Escola de Ensino Médio Governador Luiz Henrique da Silveira. A unidade, construída no Bairro Parque Guarani, contou com investimentos de R$ 9,2 milhões do Governo do Estado em parceria com o Ministério da Educação.

O novo espaço tem capacidade para 1,4 mil alunos nos períodos da manhã, tarde e noite. Esta é a primeira obra do Norte do Estado que recebe o nome em homenagem ao ex-governador Luiz Henrique da Silveira, falecido há dois anos. Cerca de 500 pessoas da comunidade acompanharam a inauguração, além de autoridades.

“Essa homenagem é muito justa e deixa todos nós orgulhosos. Uma escola com excelente qualidade, infraestrutura, moderna, um avanço significativo no modelo de Educação. O desafio de colocar na educação todo esse avanço tecnológico, essa transformação da sociedade é de fato o maior desafio, e essa escola atende a essa demanda, é inovadora, oferece acesso aos laboratórios e tudo que há de moderno”, disse Colombo.



Desde o mês de maio, 12 salas de aula começaram a ser usadas pelos alunos e professores. O local, de 10 mil metros quadrados de terreno e seis mil de área construída, conta com sete laboratórios – dois de informática, matemática, química, física, biologia e línguas. Há também ginásio esportivo coberto, com arquibancadas e infraestrutura completa de vestiários, um incentivo a mais para a prática do esporte.

O ministro da Educação destacou que a escola mostra que a prioridade é o atendimento de  crianças e jovens de Santa Catarina e de todo país. “Evidente que marcar a entrega oficial e vir na inauguração é um momento relevante. Aqui os alunos são atendidos num ambiente de qualidade, infraestrutura de primeiro nível o que vai se traduzir na educação pública de excelente qualidade também.”

A escola recebeu ainda teatro arena e auditório com capacidade para 200 pessoas sentadas e palco. O prédio possui centro de convivência com área de alimentação, biblioteca com dois pisos e setor administrativo integrado com professores. A unidade ainda foi equipada com aparelhos de ar condicionado, monitoramento com câmeras, sensores e vigilância humana durante 24 horas.

“Identificamos uma demanda forte em Joinville na procura de novas vagas principalmente no ensino médio. Essa escola e outras que estão em fase de acabamento fazem parte desse processo de novas vagas. Pela qualidade da obra, pela homenagem ao Luiz Henrique da Silveira, pela visão que ele tinha com a educação é uma obra que ganha uma característica especial. É um grande passo para educação”, relatou o secretário Eduardo Deschamps.

O secretário da Educação informou ainda que recursos já estão disponibilizados pelo Ministério da Educação para comprar lousas digitais e para aumentar a velocidade da internet banda larga, o que irá melhorar o atendimento ofertado para os alunos da região.

Em princípio, 350 alunos do sexto do ensino fundamental ao terceiro do ensino médio irão frequentar o colégio. São jovens residentes do bairro e estudavam em escolas mais distantes. A transferência ocorreu depois de emitida a primeira nota do bimestre. Para o ano letivo de 2018 a unidade terá novas matrículas para os três períodos.

“Era difícil antes ir para escola. Era longe da minha casa. Agora está acessível e tem uma estrutura completa moderna e que nos motiva a estudar. É muito difícil ver uma escola assim, tão bem construída. A gente vê que nosso dinheiro está sendo muito bem investido”, observou o aluno Maureli Negreiros Júnior.

O presidente da Associação de Pais e Professores, Agostinho da Fonseca, relatou com muita emoção a alegria com a inauguração da nova escola. “É um presente. Nossos filhos não precisarão mais se deslocar para uma escola distante. Os alunos, as minhas filhas estão motivadas. É uma escola que valoriza nosso bairro e traz muita qualidade para o ensino. É uma grande conquista que com certeza trará muitos resultados positivos”.

Raimundo Colombo lembrou ainda a relação de cumplicidade que tinha com o senador Luiz Henrique. “A sua contribuição no nosso Estado vai muito além da política. Era um homem visionário que fez grandes obras. Ele soube inovar, construir, ensinar o relacionamento e construir pontes de diálogos. Para mim foi um amigo e irmão”, relatou.

A secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional, Simone Schramm, informou que outras três unidades estão em fase de acabamentos nas região . A Escola de Ensino Médio Bailarina Liselott Trinks, no Bairro Vila Nova, em Joinville, e a Escola de Ensino Médio Senador Luiz Henrique da Silveira, em Araquari, serão entregues no início do segundo semestre. Já a Escola de Ensino Médio Senador Luiz Henrique a Silveira, em Barra Velha, será concluída no final do ano.

Seja o primeiro a comentar on "Escola que vai atender 1,4 mil alunos é inaugurada em Joinville pelo governador e pelo ministro da Educação"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*