Agricultores conhecem pesquisa sobre produção de mudas da Emepa


Agricultores têm demonstrado interesse em conhecer as tecnologias de produção de mudas de frutas desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio da Emepa (empresa integrante da Gestão Unificada) para uma troca de experiências, possibilitando utilizá-las na renovação de seus pomares. Essa aproximação tem acontecido, na maioria das vezes, por intermédio da Emater através de seus escritórios, estimulando produtores à visitarem unidades produtivas em outras comunidades, a exemplo das estações experimentais da Emepa.

Na terça-feira (23), a coordenadoria regional da Emater em João Pessoa levou um grupo de 18 agricultores familiares dos municípios do Conde e Lucena para conhecer as instalações, tipos de mudas produzidas e comercializadas, além de participar de uma oficina sobre enxertia, sob orientação dos técnicos Ricardo Farias/Emater e João Soares/Emepa, na Estação Experimental da Emepa Cientista José Irineu Cabral, em Mangabeira, numa ação que contou com o apoio do chefe da Estação Daniel Benitz e da Coordenadoria de Produção Vegetal.

Na ocasião, os agricultores tomaram conhecimento acerca do processo de produção de mudas frutíferas e de essências florestais, os quais poderão cultivar em suas comunidades rurais, aumentando a renda familiar e contribuindo para a recuperação do meio ambiente. Eles decidiram que vão adquirir mudas de maracujá, caju precoce, manga e acerola.

A partir do conhecimento “in loco” do processo de enxertia e da produção de mudas, com o acompanhamento dos extensionistas da Emater, os agricultores poderão fazer em processo multiplicativo nas suas comunidades, repassando aos outros tudo aquilo que aprenderam.

O presidente da Gestão Unificada Nivaldo Magalhães, empresa vinculada à Sedap, destacou que essas visitas dão visibilidade ao trabalho da Emepa no campo da pesquisa de produção de mudas e também no melhoramento genético animal, outra grande atividade desenvolvida em suas estações experimentais de Alagoinha, Boqueirão, Tacima e Soledade, onde estão rebanhos das raças caprinas, ovinas e bovinas.

Os animais de alta linhagem, reconhecidos em todo o país, produtos das pesquisas, são disponibilizados aos criadores num trabalho contando com o acompanhamento constante do diretor técnico da Emepa, Manuel Duré. Essa mesma preocupação, para se ter produtos de excelência, ocorre com as pesquisas sobre produção de mudas.

Seja o primeiro a comentar on "Agricultores conhecem pesquisa sobre produção de mudas da Emepa"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*